sexta-feira, 1 de junho de 2018

Axl Logan - 24 - Investimentos



Essa é a história de um Sim chamado Axl Logan.
Acompanhe aqui suas aventuras (e desventuras)!

Dica: para uma melhor visualização (zoom), segure Ctrl e aperte o sinal de + no seu teclado (aperte - para diminuir).





ATENÇÃO, AMIGO (A) SIMMER! DÁ UMA LIDA AQUI:

Após ler o capítulo abaixo, deixe seu comentário, aqui mesmo no blog (no final da página) ou no post, no Facebook, em “Histórias da Sally Winter no The Sims”! Seu comentário é importante e me incentiva bastante! Um grande abraço! J


Axl Logan
Livro II
Despertando

Capítulo 24 – Investimentos


Resumo do capítulo passado: Axl pede Isabella em casamento e a jovem Refaeli aceita; Marit cuida de negócios na Galeria Casbah Refaeli, com Diego Lobo, e decide enviar Nickollas e Isabella para cuidar da inauguração de um museu-bar-restaurante em Selvadorada; Na mídia, o assunto é a execução da pena máxima de Victor Feng e o suicídio de Hannah Chase; Isabella conta à mãe e ao irmão sobre seu noivado; e Marit revela aos filhos seu relacionamento com Richard Geffen; Axl fala para sua avó (D. Elena), Joe e Makena que agora é noivo; duas garotas acordam em Forgotten Hollow sem saber de onde vieram e o que houve com elas.



Pouquíssimos dias depois, em San Myshuno.
No bar-karaokê Los Pardais.


[Música de cena: Nightwish - Over the Hills and Far Away (live)]



— E aêeeeeeeee, galeraaaaa!!! — O vocalista falava alto e empolgado, por causa do som. Fazia uma live no canal da banda, no Simtube, no show que marcava o retorno da Nordic Lhama. —Estamos tocando agora mesmo na Los Pardais! O local tá cheio e a energia da galera tá incrível!!! — Ele dizia, muito animado. — Ali no palco, agora, vocês podem ver a Lady Soprano com novo visual e mandando ver no nosso cover de “Over the Hills and Far Away”, da banda NightSIMwish!!!



Ele então subiu rapidamente em uma das mesinhas que estava por perto e direcionou a câmera ao palco. Naquele momento havia mais pessoas perto de Axl do que lá, mas ele também as mostrou: pulavam, gritavam e davam tchauzinho.
Um representante da maior revista digital de rock e metal do Quarto Império, a Eternal, estava no local também, vestido de “D. Morte” (era uma marca da empresa seus repórteres se trajarem assim nos eventos).



— Agora veeeeem que ainda dá tempo!!! Abração, pessoal!!! — O vocalista dizia, de olho nas duas câmeras: na de seu celular e na que Hadi apontava para ele naquele momento, filmando-o. Então Axl encerrou sua live e correu na direção do palco, empolgadaço; no entanto, no meio do caminho, o cantor foi interrompido pelo cidadão da revista.



— Eiiii! Só um segundo!!! Preciso dizer que estão fazendo um grande retorno, cara! — O homem disse, enquanto Nina Caliente dava uma secada indiscreta no vocalista.
— Obrigado, man! — Axl respondeu, simpático.
— Podemos bater uma fotinha aqui no meu celular, por favor? — O carinha pediu.