sábado, 14 de abril de 2018

Axl Logan - 23 - Surpresas



Essa é a história de um Sim chamado Axl Logan.
Acompanhe aqui suas aventuras (e desventuras)!

Dica: para uma melhor visualização (zoom), segure Ctrl e aperte o sinal de + no seu teclado (aperte - para diminuir).







ATENÇÃO, AMIGO (A) SIMMER! DÁ UMA LIDA AQUI:

Após ler o capítulo abaixo, deixe seu comentário, aqui mesmo no blog (no final da página) ou no post, no Facebook, em “Histórias da Sally Winter no The Sims”! Seu comentário é importante e me incentiva bastante! Um grande abraço! J


Axl Logan
Livro II
Despertando

Capítulo 23 – Surpresas


Resumo do capítulo passado: Axl e Isabella fazem uma homenagem à Duque, no cemitério de animais da ilha; em seguida, o casal vai ao museu-restaurante, onde os dois encontram um amigo da família da garota e, depois, fazem amizade com um simpático Sim; no Hotel Lounge, Nick conversa com Jade, que deixa claro que o relacionamento conturbado dos dois chegou ao fim e que agora ela está feliz com um famoso cantor; Lori conta para Nickollas que Isabella está novamente com o vocalista da Nordic Lhama.



Na Ilha da Grama Morta.
Em Brindleton Bay.




No museu-restaurante, Axl e Isabella se deliciaram com pratos feitos à moda local. Ela pediu salmão com crosta de ervas e Axl preferiu provar o Robalo tostado; e da forma como os pratos eram feitos ali, o chef lhes sugeriu um néctar Renoit da Reserva Monte Vista, que seria, segundo ele, perfeito para harmonizar com os pedidos feitos. E os dois realmente amaram aquela combinação que fugia da premissa de que peixes deveriam sempre ser servidos com vinho branco*.

* Nota: fonte.




Conversaram bastante e admiraram o pôr do sol, sempre comentando sobre a beleza daquele lugar, sobre como a brisa era agradável, sobre como o canto dos pássaros era lindo. E, claro, vez ou outra apenas olhavam um para o outro, apaixonados, imersos em segundos de silêncio que não eram desconfortáveis, mas cheios de amor.



Em um momento bem descontraído, quando estavam na sobremesa, Axl comentou, de forma bem-humorada:
— Pergunta séria agora, hein!... — E ele fez alguns segundos de suspense. — Meu cabelo longo não estava tão ruim, estava? — Ele mesmo riu, pois já imaginava a resposta dela.



— Então, bê,... — Ela sorriu. — Numa escala de zero a dez, eu daria a nota dez.
— Dez? — Ele a olhou, impressionado.
— Isso. Mas é dez negativo. Você não me deixou terminar de falar! — Ela caiu na risada, zoando.
— Mah, rapáaaaah... Minha namorada tá muito trolladora. — Ele riu também.
— Quer saber a opinião de pessoas que confio? Posso perguntar para algumas de minhas amigas agora, no Simsapp. Elas certamente responderão com sinceridade. Quer que eu faça isso? Tem coraaaaaaagem? — Ela desafiou, na perturbação, divertindo-se.