segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Axl Logan - 01 - A Cachaça Brega

Esta é a história de um Sim chamado Axl Logan.
Acompanhe aqui suas aventuras (e desventuras)!


Dica: para uma melhor visualização (zoom), segure Ctrl e aperte o sinal de + no seu teclado (aperte - para diminuir).





Axl Logan
Livro I
Adormecido


Capítulo 1 – A Cachaça Brega


San Myshuno.
Na Vizinhança do Mercado de Especiarias.
Edifício Culpepper, apartamento 19.


Música de Cena: Seether - Careless Whisper




Naquela moradia, uma das mais barulhentas do prédio, acontecia uma conversa difícil entre dois namorados.
- Não dá mais pra gente ficar junto, Axl! Não dá!... – Ela disse, caindo então no choro.



- Escuta, Bella, a gente não precisa terminar, ok? A gente se ama, não é? A gente pode resolver isso junto, cara,... – Ele dizia, sem saber como fazê-la mudar de ideia.
- Não, Axl! A gente não vai conseguir resolver isso! – Ela dizia, inconsolável.



- É porque eu não tenho grana, né? É por isso que ele me odeia! – O rapaz falava, sentindo-se mal por não ter as mesmas condições financeiras da família dela.



- Não, Axl! É simplesmente porque o Nick não quer! – Ela continuava chorando. Apesar de ter dezesseis anos*, ela não sabia como lidar com o irmão. – E eu não quero te deixar como alvo dele! – E ela não queria contar para Axl que foi o irmão dela quem mandou que destruíssem os instrumentos da banda deles depois do último show que fizeram.
- Bella, eu não me importo... Um cara que me odeia a mais, um cara que me odeia a menos, isso não vai fazer diferença pra mim!


* Nota: essa história tem como base algumas coisas da realidade norueguesa (onde moro), como a maioridade ser aos 16 anos.



- Você não sabe o que está falando, Bê... – Ela disse, se arrependendo por tê-lo chamado daquela forma carinhosa mais uma vez: “Bê”, de “bebê”. – Você não tem noção da situação...
- Então me explica!... A única coisa que eu tenho certeza aqui é que o Nick é só um playboy babaca, Bella! E eu te amo, cara!





No corredor, o primo de Axl, Dave Dale, tocava a versão metal melódica que eles fizeram de “Careless Whisper”, em seu baixo, cantando: - ♫ Tonight the music seems so loud / I wish that we could lose this crowd / Maybe it's better this way / We'd hurt each other with the things we'd want to say / We could have been so good together / We could have lived this dance forever / But now who's gonna dance with me? / Please, staaaaaaaaaay!!! ♫ *


Tradução: ♫ Esta noite a música parece tão alta / Gostaria que estivéssemos longe desta multidão / Talvez seja melhor assim / Nós poderíamos nos machucar / com as coisas que queremos dizer / Poderíamos ter nos dado tão bem juntos / Poderíamos ter vivido essa dança para sempre / Mas agora quem vai dançar comigo? / Por favor, fique!!! ♫



- Eu preciso ir embora! – Ela se levantou.
Ele então fez o mesmo, indo até ela, abraçando-a forte.



- Não termina comigo, Bella! Eu te amo!
- A gente pode ser amigo, Axl... – Ela dizia, enquanto as lágrimas caíam.
- Você não vai sair da banda não, né? Pelo menos isso! A gente pode conversar de novo e resolver tudo...



- Eu preciso ir, Axl, eu preciso ir... – Ela disse, saindo rápido dali, após devolver a chave extra do apartamento, que ele tinha lhe dado. – Tchau, Dave!
- Tchau, Bella! – Dave respondeu; ele não acreditava muito nesse término, já que sabia que o primo e a garota eram apaixonados um pelo outro.
- Espera! Não vai! – Axl ainda foi atrás dela.
E embora a vontade da garota fosse correr e ficar nos braços dele, ela não podia. Então ela tratou de se apressar e de entrar logo no elevador, saindo dali o mais rápido possível, deixando o ex completamente aturdido diante do término abrupto.





 “♫Por favor, fique!♫”.





Duas semanas depois.
No bar “Los Pardais”.

  

O antigo bar “Gorjeio d'Água” tinha sido construído em uma fábrica de enlatados, onde seus antigos depósitos tornaram-se salas de karaokê isoladas. Foi quando Big Joe Stubbs e sua esposa Makena resolveram comprar o lugar e reformá-lo, chamando-o de “Los pardais”. Tinham reaberto o local poucos meses atrás. E era comum que, quase todas as noites, bandas tocassem no palco construído lá.



Havia ainda as salas de karaokê, que eram três, como no local original, mas distintamente posicionadas e com diferentes características. Por exemplo: a Sala Amarela possuía uma incrível vista daquela parte de San Myshuno. Era a sala preferida dos turistas que visitavam o local para se divertir soltando a voz!



Já a Sala Marrom era a mais simples da casa e com o preço mais acessível.



E, por fim, havia a Sala Verde, que possuía um banheiro privativo. Além dos outros três disponíveis para todo aquele estabelecimento.





Tudo muito limpo e organizado.



Tudo gerenciado por Big Joe, que geralmente ficava perto do bar, no computador, onde alugava as salas para os grupos de amigos se divertirem cantando.



Enquanto sua esposa, Makena, recebia os clientes, conversava com eles, tratava da “parte social”; às vezes ela ou o marido também assumiam o bar, servindo lanches e bebidas para a turma ali. Os dois moravam na parte de cima do prédio, cujo acesso se dava pela porta atrás do balcão.
- Fantásticos! – Ela dizia animada, assistindo a apresentação da banda de Axl Logan: a “Nordic Lhama”. Apesar de ser uma fã de jazz, ela gostava do som deles. E ela e o marido eram amigos de quase todos os integrantes de grupos musicais que tocavam ali.





Naquela noite, eles estavam fechando sua apresentação com uma versão mais “pesadinha” (como o vocalista costumava dizer: “lightmente pesadinha”) de uma canção que Axl costumava cantar e tocar para Isabella:

Música de Cena: HIM - Beautiful (rock version)


Aquela era a primeira apresentação deles desde que Axl e Bella tinham terminado; e eles estavam usando instrumentos emprestados, pois dias atrás (antes de Isabella colocar um fim no relacionamento com Axl), depois de um show, uns malucos quebraram todos os instrumentos da banda deles, exceto o baixo de Dave, que tinha escapado da destruição porque ele sempre o mantinha por perto. E, naquele momento, como se apresentavam sem Bella, que era a vocal lírica deles, uma soprano incrível, alguns clientes sentiam a falta dela e perguntavam à banda, e à Makena e Big Joe, onde estava a jovem cantora. E cada vez que alguém lhes questionava sobre a ausência da garota, o coração de Axl apertava. E a resposta deles era a de que ela estava resolvendo algumas coisas pessoais.



Então ele cantava com toda sua alma. Cada palavra, cada verso, ele pensava nela: - ♫ Just one look into your eyes… One look and I'm cryin, ‘cause you're so beauuuuutiful!... Just one kiss and I'm alive! One kiss and I'm ready to diiiiie! 'Cause you're so beauuuutifuuuuul, yeaaaah! ♫ *

* Tradução: “Apenas um olhar nos teus olhos... Um olhar e eu choro, porque você é tão linda! Apenas um beijo e eu vivo! Um beijo e eu estou pronto para morrer, porque você é tão linda!”

O que ele não sabia era que ela estava ali, estava ouvindo.



Mas ela acreditava que não podia se mostrar, por temer que seu irmão fizesse algo contra seu amado vocalista. Por isso, mais cedo, ela tinha pegado emprestado uma peruca e roupas que normalmente não usaria, de uma amiga que fazia parte do grupo de teatro de sua escola (Bella estava no último ano do ensino médio), e disfarçou-se para vê-los tocar ali.



- ♫ Just one touch, I'm on fire! One touch and I'm crying, 'cause you're so beautiful! Just one smile and I'm wild! One smile and I'm ready to die, ‘cause you're so beautiful, yeah! *

* Tradução: “Apenas um toque e eu fico em chamas! Um toque e eu choro, porque você é tão linda! Apenas um sorriso e eu fico louco! Um sorriso e eu estou pronto para morrer, porque você é tão linda!”



E ela ouvia a canção, com lágrimas nos olhos e saudades dele...



- ♫ Oh, and you're so beautiful, my darling! Oh, you're so beautiful! You're so beautiful! Oh, my baby, you're so beautiful! And you're so beautiful! Oh, my darling! Oh, my baby! And you're so beautiful!
Então eles finalizaram sua apresentação, sob o aplauso dos Sims presentes ali.



- Caramba, vocês arrasaram, garoto! – Disse uma mulher que assistia o show.
- Obrigado, senhora! – Axl disse, atencioso.
- Como que fala mesmo seu nome? – Ela perguntou.
- Axl Logan. – Ele disse: “Équissel Lôgan”. – Pesando no som do "A".  – E sorriu.
- Me dá um autógrafo! Um dia vocês vão ficar famosos e vai ser mais difícil conseguir um! Vocês podem bater uma foto aqui comigo?
- Claro! – Ele respondeu, simpático.



E depois que a banda deu uma atenção ao pessoal que quis tirar umas fotos com eles, conversar com eles, Dave disse: - Hey, man. Eu e a Gi estávamos pensando se não seria interessante a gente marcar ensaio amanhã... – Mas a verdade é que ele e a tecladista, Gizella Reeves, queriam manter Axl longe dos bares da cidade, já que era na bebida que ele estava afogando suas mágoas desde o término.
- Acho que só vou estar acordado amanhã à noite, Dave. – Ele avisou, já indo para o bar.



E enquanto ele ia para lá, Isabella já saía do local, para que não se encontrassem e ele a reconhecesse; ela enxugando as lágrimas ainda.



- Boa noite, Chloe! Um suco de cevada bem forte aí, por favor! Só para começar! – Axl pediu.



- Então a Bella saiu mesmo da banda, Dave?
- Parece que sim, Gi.
- Você acha que eles voltam a ficar juntos?
- Não sei, cara,... Aquele irmão babaca dela fica embaçando. Aí, já viu, né?
- Claro, o Nick! Tinha que ser. Playboy babaca! Não sei como as gurias conseguem ficar com aquela coisa!
- O cara é tirado e tem quem goste. – Ela então se calou, voltando a focar no jogo.



- E a gente vai atrás de outra vocalista para colocar no lugar dela?  – Gi perguntou, depois de um tempinho.
- Nem fala isso perto dele! – Dave exclamou. – Melhor a gente esperar a poeira baixar. Axl tá tão mal que até a bandana preferida ele perdeu! De qualquer forma, o cabeção do nosso baterista está fora da cidade ainda, né? E nós ainda precisamos ver como vamos comprar os novos instrumentos da banda... Então vamos ter mais um pouco de calma... Além do mais, não se acha uma cantora de ópera, que curte metal, em cada esquina.
- Verdade... – Gi suspirou. – E eu não duvido nada que tenha dedo do Nickollas naquela confusão que quebrou todas nossas coisas! Mas deixa quieto por enquanto. Tenho certeza que um dia eu ainda vou dar uns tapas naquele idiota! Ah, se vou!



E enquanto o baixista e a tecladista da Nordic Lhama conversavam, Axl bebia.



- Axl, querido, eu achei que com essa apresentação de hoje, você estaria com a cabeça mais no lugar. Passou a semana enchendo a cara aqui, pagando micos,... E agora vai beber de novo? – Makena o olhou com seriedade.
- Ah, Makena! Eu só me divirto um pouco! Preciso espairecer!
- O problema é que sua cachaça é brega! Cada miséria que você canta naquele microfone quando você está bêbado! Misericórdia! – Ela reclamou.
- Você está exagerando! – Ele riu.



- Estou exagerando, é? Pois vou gravar para você ver a miséria! – Ela disse.



E, como esperado, no meio da madrugada, Axl já estava bem alterado!



- Caramba, Dave! O mau gosto do Axl bêbado está se aprimorando a cada dia que passa! – Gizella disse, enquanto ouvia o amigo cantar com a voz embolada.
- É... Cada música, hein! Aff!
E Big Joe pensativo: - Essa cachaça é forte, viu! E de onde ele tirou esse chapéu? Pior ainda: de onde ele tirou essa música?!!


Música de Cena: Adelino Nascimento - Toca o telefone





- ♫ Meu bem, eu te ligo, com tanta saudade! Telefone toca, você não atende! Eu tô quase louco pra te dizer o que sinto! Eu tô te amando, meu bem, eu não ligo! Eu sei que você nunca vai esquecer os lindos momentos, só eu e você, que você jurava não me esquecer! Será que foi tudo uma grande ilusão? Você só maltrata o meu coração! Me deixa chorando, sozinho em vãooooo! ♫



- ♫ Pegue o telefone, diz que me ama, diz que me adora, não me engana! Você é tudo que eu mais quero! Vem me escutaaaaaaaaaaaar! Toca o telefone, diz que me ama, diz que me adora, não me engana! Você é tudo que eu mais quero! Vem me escutaaaaaaaar! ♫



- ♫ Eu sei que você nunca vai esquecer os lindos momentos, só eu e você, que você jurava não me esquecer! Será que foi tudo uma grande ilusão? Você só maltrata o meu coração! Me deixa chorando, sozinho em vão! ♫



- ♫ Pegue o telefone, diz que me ama, diz que me adora, não me engana! Você é tudo que eu mais quero! Vem me escutaaaaaaaaaar! Pegue o telefone, diz que me ama, diz que me adora, não me engana! Você é tudo que eu mais quero! Vem me escutaaaaaaaaaaaaar! ♫



- Eita, que esse vídeo do Axl, cantando e dançando isso, vai para o FaSIMbook, o SIMtube, o SIMwitter! Vai bombar! Só assim para ele acreditar em mim sobre a cachaça brega dele! – Makena ria, enquanto gravava, em seu celular, a "apresentação" do vocalista.



- Oh, cabeção! – Dave levantou rápido assim que o primo parou de cantar.
Axl pegou o celular e Dave sabia o que ele faria: ligaria novamente para Isabella. Então Dave se apressou, dizendo: – Vamos para casa, man! Você precisa dormir, cara!



- ISABELLAAAAAAAAAAAA!!! – Ele gritou, mandando mais uma mensagem falada para o SIMsapp dela. – Volta para mim... – Ele disse, em um sussurro. E depois ficou esperando ela visualizar; na verdade não conseguiu esperar muito porque Dave o tirou logo dali, finalmente conseguindo levá-lo de volta para casa.





Música de Cena: Kiesza - Hideaway (Dzeko & Torres Remix)


Na Vizinhança da Cidade Alta.
Edifício Pináculos, nº 888.





Nickollas chegou (da night) no helicóptero particular da família Refaeli, acompanhado de seu melhor amigo, o também bilionário Liam Walton.



Enquanto eles desciam no heliporto, Isabella ouvia a mais recente mensagem falada que Axl lhe enviou (e ele tinha tentado contatá-la todos os dias!); então ela escreveu: “Por favor, não me manda mais mensagens... Você está tornando tudo mais difícil...”, mas desistiu de enviar e apagou.



O que aconteceu naquela noite foi que, assim que saiu da apresentação da Nordic Lhama, na Los Pardais, ela foi direto para casa. Entrou em seu quarto, tomou um banho, guardou o disfarce que usou. Então caiu no choro deitada em sua cama e, por fim, levantou-se e foi para a varanda da casa, pegar um ar. Todo dia lutava para não entrar em contato com o ex.
E o problema que ela tinha era grande: a marcação cerrada do irmão possessivo e ciumento. E as últimas ameaças de Nick a tinham assustado. Ela sabia que ele deveria ser levado a sério. E, por falar nele, logo ele saía do elevador com o amigo.



- Hey, Nick! Olha a Isabella ali na varanda. – Liam a viu.



- Finalmente saiu daquele quarto! Passou duas semanas trancada lá dentro, chorando porque eu a fiz terminar com aquele tosco. – Nick disse. - E tomara que não pule dali! - Ele riu.



- Não entendo como sua irmã pôde se meter com aquele cara.
- Ela é nova. Tem nada na cabeça. Por isso o irmãozão mais velho aqui tem que tomar conta.



E Isabella mantinha-se ali, olhando na direção da vizinhança do Mercado de Especiarias, onde Axl morava, se perguntando o que ele estaria fazendo agora...



- Querida, cheguei! – Nick brincou, entrando na casa e simplesmente falando isso sem que houvesse uma ouvinte específica para tal frase. – Antes de sairmos do nightclub, liguei e pedi para a Emily deixar uns cachorros-quentes prontos para a gente. – Nick dizia ao amigo, sem se importar que fez a mulher acordar de madrugada apenas para fazer isso.
- Ótimo! Estou faminto.
E realmente o lanche já estava sobre a mesa, à espera deles.



- Boa noite, Emily. – Nick disse.
- Boa noite, Sr. Nickollas. – Ela respondeu.
- Essa salada é para minha mãe, né?
- Sim, senhor.
- Então ela já chegou e está no quarto dela?
- Sim, senhor. E ela pediu para que não a acordassem tão cedo.



- Rapaz, bem que tu me disse que essa Emily é gata! – Liam falou baixinho.
- E cozinha bem demais! Ótima aquisição para a família, né? – Nick disse, também falando baixo, utilizando exatamente essa palavra (“aquisição”), como se Emily fosse algum tipo de objeto comprado.



- Vai investir? – Liam riu.
- Não, cara. Nada a ver. Prefiro gatas do nosso nível. – Ele respondeu sério.
- Mas é claro. Eu só estava brincando. – Liam sorriu, sem graça.



- Emily, só mais uma pergunta: a Isabella não saiu, né? – Nick perguntou.
- Da escola para casa, senhor.
- E ela não pegou no carro dela, né? Saiu com o motorista, como eu mandei, certo?
- Exatamente, senhor. – Emily mentiu, convincentemente; e o motorista diria o mesmo; eles gostavam da garota, mas não de Nick.
- Beleza. Obrigado, Emily. Se minha mãe perguntar, estou na piscina.
- Pois não, senhor.



Então ele e o amigo desceram.



Foram para a área da piscina particular.



- Ok, Nick, agora que não estamos mais no meio da galera no clube, você pode me contar como conseguiu fazer a Bella se afastar daquele tipo. Até agora não consigo acreditar que ela sequer olhou para aquele sujeito no lugar de notar um monstrão como eu aqui! – Ele riu, apontando para si mesmo e mostrando os músculos. “E quem sabe agora eu não tenha chances com ela, hein!”, ele pensou.
- Calma lá. Foi todo um processo. Não foi fácil não. Você conhece a Isabella. É teimosa. Tive que apelar. Como eu te disse, ela conheceu o maluco por causa dessa história de banda. Daí começaram a ficar juntos. Mas depois que vi que já fazia seis meses que eles estavam de namorico, percebi que a coisa estava ficando séria. Daí tive que interceder.



- E qual foi o plano maligno? – Liam riu. – Mandou matar o sujeito? – Brincou.
- Quem dera! – Nick respondeu e os dois caíram na risada. – Mas mandei que quebrassem todos os instrumentos da banda deles durante o último show que fizeram, exceto a guitarra que ele usava, que foi presente do falecido pai dele. Essa está com os caras que fizeram o serviço. E uma fonte já me ligou e disse que essa bandinha tosca estava tocando hoje com instrumentos emprestados. E eu imaginei que isso ia acontecer, porque o cara é um pé-rapado. Então duas semanas atrás eu a mandei terminar com ele ou o tal do Axl é quem seria quebrado na porrada. Ela sabe que falo sério e terminou com o carinha.



- Nossa, cara! Você é muito do mal, man! – Liam ria tanto que quase engasgou, colocando as mãos sobre a boca.
- Não sou um cara mau. Estou cuidando do que me pertence. A irmã é minha e não a quero com gentinha.



- Mas, cara, você está com a guitarra que o pai do cara deu para ele... Não vai devolver?



- Você realmente acha que eu não vou devolver? – Nick riu e pensou: “Na verdade, eu não ia, mas acabei de ter uma ideia!”. Então disse: – Vou devolver sim. Não tive tempo de mandar fazer isso antes, mas de hoje não passa. Hoje ligo para os caras que estão com a guitarra e mando os sujeitos devolverem o presentinho do papai morto dele. – Ele riu.
E os dois então mudaram de assunto e conversaram por mais um tempo, até Liam se despedir dele e ir embora para casa.






E, assim, mais tarde, no final daquela mesma madrugada, após tomar um banho e finalmente parar em sua suíte, Nick ligou para os sujeitos que estavam com a guitarra de Axl.




- E aí, maluco. Tudo de boa?... Se ligue: pago o dobro do que paguei da última vez para você e o outro carinha aí levarem a guitarra de volta para o tal do Axl Logan. Mas eu quero que vocês entrem no apê dele, quebrem a guitarra na frente dele e arrebentem a cara do sujeito, pode ser?...



- Aê, beleza! Sabia que podia contar com vocês!... Quando? Visitem-no amanhã à noite. – Nickollas sorriu. – Falou então! – Ele desligou e foi dormir seu sono, tranquilo e feliz com a decisão de mandar os sujeitos quebrarem o ex da irmã.








Axl acordou com uma forte dor de cabeça.


Mais um longo dia...”, ele pensou, extremamente desanimado. Então pegou o celular e viu que Isabella tinha visualizado e ouvido todas as mensagens, mas não respondeu nenhuma. Suspirou. Estava se sentindo um trouxa, principalmente porque a razão dizia que não deveria mais pensar nela, nem correr atrás dela, mas o coração só enxergava a garota a sua frente.



E ficou com vontade de escrever uma canção, mas se lembrou de que roubaram a guitarra que seu pai tinha lhe dado quando fez catorze anos. Sua idade agora era dezenove.



Vamos lá, man! Você precisa trabalhar!”, ele disse para si mesmo.



Levantou, desanimado, indo para o banheiro.



Escovou os dentes.



Tomou seu banho, cabisbaixo,...
Vestiu a MESMA roupa e então saiu do quarto; foi atrás de Dave.





- DAVE! – Axl chamou o primo.
- AQUI NA VARANDA, MALUCO!!!
- FALA BAIXO, DESGRAÇA!!! – A vizinha gritou também, reclamando.
- DESCULPA, DONA GERALDA!!! – Os dois gritaram juntos.
- E BOM DIA PRA SENHORA!!! – Axl acrescentou.
- BOM DIA O CARAMBA, PESTE MAL-EDUCADA!!! – D. Geralda respondeu.
- Caramba, a D. Geralda está estressada hoje, hein! – Ele disse assim que viu Dave. Não entendia que gritar daquele jeito era bem inconveniente.



- Parece que sim!... – Dave sorriu. – Estou preparando aquela Destilação Desestressante aqui para você. Eu deveria era mandar um pouco para a nossa vizinha! – Ele riu, então disse, agora mais sério: - Daqui a pouco você vicia nisso!... Todos os dias desde que a Bella terminou com você, você acorda desse jeito e bebe essa caramba! E imagino que a ressaca esteja brutal, né?
- Podes crer...
- Man, precisa sair dessa, cara. A gente precisa focar na banda, em ganhar uma grana para comprar os instrumentos de volta...



- Estou vivendo um dia de cada vez... – Axl falou. – O meu coração está partido em um trilhão e meio de pedaços porque a minha musa me afastou de sua vida! – Ele disse, dramático.
E Dave tentou não rir: - Ok, man. Tô vendo! – Então decidiu mudar de assunto: - Oh, cabeça, hoje vai ter GeekCon. A gente podia ir lá, ganhar uns trocados dos nerds... É só a gente tocar as músicas dos animes e dos VoidCritters, ou “Criaturas do Vácuo”, como as crianças dizem. Pronto!
- Beleza. Vamos lá então... Mas sem guitarra, estou meio sem ter como trabalhar...



- Tenta ganhar uma grana animando. Eles sempre procuram gente para trabalhar nesses lugares... Mas tenta não meter os pés pelas mãos.
- Beleza, primo...
Então ele terminou de preparar o elixir e entregou a Axl.



- E aí? Melhor que o de ontem? – Dave perguntou.



- Podes crer, man! Colocou mel aqui, foi?



- Yeap. Mas, cabeção, é impressão minha ou você tomou banho e colocou a mesma roupa que estava ontem? Essa roupa está imunda, suada, brother! – Dave reclamou porque era super organizadinho; praticamente era quem mantinha o apartamento limpo ali.
- Acho que acabei vestindo o que estava mais próximo... Vou trocar de roupa então. – Axl disse, sem ligar muito para o tom de reclamação do primo.
- Beleza. Faz isso. Depois vamos pegar a Gizella e de lá vamos para o festival.



- Então vamos nessa! Um brinde ao novo dia que se inicia! – Ele disse, momentaneamente mais animado. – E à chance que este reluzente dia me traz de conseguir minha amada de volta! E a minha guitarra também, claro! – Ele sorriu, enquanto o primo batia com uma mão na própria testa, como quem dizia: “esse cabeçudo do meu primo não tem jeito mesmo!”, rindo.










Hi, amigo Simmer! Obrigada por acompanhar essa história!
Tenha uma ótima semana! :)



CRÉDITOS:

SIMS:
Baixados da Galeria e, alguns, modificados.

LOCAIS:
Apartamento do Axl: cômodo único, by isarpgista;
Bar Los Pardais: by isarpgista;
Apartamento dos Refaeli: by isarpgista.

OUTROS:
Baixo Machado: Musicians Pack;
Lágrimas 1, 2 e 3

Obrigada a todos criadores!
Thank you to all creators!



35 comentários:

  1. DÁ LICENÇA, PRIMEIRA A COMENTAR 8)
    Olha, eu quase cuspi o café na hora que o Axl começou a cantar Adelino Nascimento kkkkkkkkkkkk Quando vi o chapéu então, huahauhauhauhauhauha
    Muito bom!
    Poxa, mas já de cara já tem um Nick pra atrapalhar tudo hein, coitado do Axl já começou na sofrência! Vamos ver agora se ele vai conseguir salvar a guitarra do pai! o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Huahuhauhuhauhuahuhauhuahua... Nihal, fico muito feliz que tenha curtido!!! :D E, falando em sofrência, lembrarei do Pablo para algum capítulo futuro! Huhauhuahuhauhuahua... Mas pois é! Tinha que ter um Nick na vida do menino! Rs... Vamos ver o que vai dar isso! :D Muito obrigada por seu comentário (o primeiríssimo!!!)!!! Beijãooo!!! :D

      Excluir
  2. Adorei :) Uma história interessante e muito divertida !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Norma! Muito obrigada pelo seu comentário!!! Fico feliz que tenha gostado!!! :D

      Excluir
  3. Gente, adorei essa história! Vou acompanhar com certeza! Personagens estão cheio de personalidade.
    E ri também quando ele ficou cantando bêbado, gente que horror e que vexame!
    Você tem muita criatividade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláaa, Jess!!! Fico muito feliz que tenha curtido!!! :D E muito obrigada pela parte do "muita criatividade"! xD :D Mais alegre ainda que você vai acompanhar a série! Muito obrigadaaaaaaaaa!!! Weeeeeeeeeeeeeee!!! :D \o/

      Excluir
  4. Ui! O Liam Walton é gatinho! E não parece tão mal quanto o irmão Loiro Belzebu de Bella. Parece mais que quer "ficar bem" com o "futuro cunhado".
    Vou torcer para alguém bater na cabeça dele, ele tomar juízo e ficar com outra. Se Emily estiver solteira, tô shippando os dois (ruiva e moreno de olho azul: tenho problema).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dea, eu também achei o Liam suuuuuuper gatinho! Rs... xD E sim! Acho que ele quer ficar de boa com o Nick sim! E amei a ideia de Liam com Emily! :D Vamos ver no que vai dar isso! Rs... Beijocaaaaas!!! :D

      Excluir
    2. Suspeita pra falar Andrea seu casal de sims é uma ruiva e um moreno de olho azul

      Excluir
    3. Oi Erick. Sou suspeita, verdade! Gosto mesmo de gatinhos de pele morena, cabelo negro, com físico em dia... O olho é só uma coincidência. Um diferencial! Ui!

      Excluir
  5. Amei a história! E as canções de "dor de corno" são ótimas para rir! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Huhuahuahuhuahuahua... Também me divirto horrores quando estou procurando a piores das piores para o Axl curtir! Rs... xD São muito engraçadas! xD :D

      Excluir
  6. Eita lele!!!!!!!!!! Show de bolo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláaaaaa, Deilaaaa!!! Tudo bom? Bem-vinda ao meu blog!!! Espero que esteja se divertindo bastante com o maluquinho do Axl e sua turma! :D Um grande abração!!! :D

      Excluir
  7. Amei a historia ! Mal começo a ler e já tem aquele personagem que eu quero é que se ferre (não só por isso mais quero mesmo que o Nick se ferre )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Huhauhuahuhauhua... Olá, Erick! Seja bem-vindo ao meu blog!!! :D Obrigada pelo seu comentário! E eu entendo perfeitamente que vc queira que o Nick se ferre! Ele não é fácil, viu! Rs... xD Grande abraço! :D

      Excluir
  8. Reli. De novo! Amei a história. A música de Axl mer fez lembrar de Deadpool, Vanessa e Wham!. A Bella tá dando uma de Deadpool. Continuo na torcida. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Huhauhuahuhauhuahuahua... Aaaaaamo Deadpool, Dea!!! Rs... Adorei esse teu comentário! xD :D

      Excluir
  9. Corrigindo: Me fez lembrar de Deadpool, Vanessa, Wham! e o unicórcio.

    ResponderExcluir
  10. Amei demais!!! Tanto na aparência quando nisso da babadeira, me lembrou um pouco meu cantor favorito: Julian Casablancas!! HAUAHUAHHA
    Amei a história!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Julian do The Strokes!!! Caramba, é verdade! Eu não tinha me ligado nisso! Huahuhauhuahuhauhuahuahua... Obrigafa pelo comment, Deni! Fico muito feliz que tenha amado a história! :D Beijocas! :D

      Excluir
  11. Ameeei!Esse Liam é um cretino! Torcendo pela Bella e o Axl.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii, Leoooooo!!! Fico muito feliz que vc amou!!! \o/ Obrigada pelo comment!!! \o/ :D S2

      Excluir
  12. Amei a história, Sally!!! Acompanharei, sem dúvida! Ri mto da vizinha gritando com os garotos! kkkkk
    Trcendo pelo Axl! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiii, Naiiiiiiiii!!! Obaaaaa!!! Fiquei muito feliz que vc amou a história!!! Weeeeeeeeeeee!!! \o/ Obrigada pelo comment, Nai!!! Beijocas!!! :D S2

      Excluir
  13. Gostei muito!! Hahaha muito boa a parte do Adelino Nascimento e adorei as músicas que você referenciou nesse capítulo <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaaaaaaa, Si!!! \o/ :D Fico feliz que tenha gostado! :D Beijocas e obrigada pelo comentário! :D

      Excluir
  14. Ahhhhh!!!

    1. Eu lia o nome errado do Axl hahaha;
    2. Tadinho do Axl e ri muito dele bêbado kkkk.
    3. Já odeio Nick e o amigo idiota dele (desejo que alguém de uma lição neles);
    4. Cara chato. Onde já se viu se meter no namoro da irmã? E a tonta ainda aceita isso. Acorda mulher! Vai perder o amor da tua vida por conta do irmão babaca e ciumento?


    Amei sua história!! E desculpa estar comentando só agora :/
    Obs: o Axl é lindo. Agora solteiro, a Katy já ficaria de olho nele hihi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Malúuuuuu, bem-vindaaaaaaa!!! \o/ :D
      Fiquei mega feliz com teu comment!!! :D
      Respondendo:

      1. Fiquei curiosa para saber como você o lia! xD Na Noruega (meu marido é norueguês), fala-se: "équíssilll", com um L beem forte. Mas eu prefiro usar essa versão americana: "Équissel" (com o É bem tônico). Dependendo do local, alguns americanos tb falam "Áquissel". :D
      2. Ele bêbado é uma viagem! Huhauhauhuahua...
      3. O Nick é um super babaca! E com certeza ele vai pagar por ser assim!
      4. A Bella é tontinha mesmo! Huhauhuahuhaua... Mas é nova tb. Na minha história, ela tem 16 anos (no meu jogo, a maioridade é 16 anos, igual na Noruega). Ela ainda tem muito o que aprender e (concordo contigo) uma das coisas é se impor e não deixar o irmão babaca-mor ficar se metendo na vida dela!

      E fiquei tão feliz que vc amou minha história! \o/ Para mim, é uma honra ler isso! S2 :D E ri super com tua observação! Kkkkkkkkkk...
      Malú, muuuuuito obrigada mesmo pelo comment!!! Beijocas! :)

      Excluir
  15. Eu queria dizer em primeiro lugar, que eu não gosto do Nick. KKKKK ele é mto gato mas não vale o chão que pisa. Axl é um fofo e a Bell a também. Como todo mero mortal eu lia o nome dele errado e não consigo ler o certo, mas eu continuarei tentando KKKKK. Estou muito empolgada com essa história incrível Sally 💜

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Huhauhuahuhauhau... Olha, o Nick é um tremendo babaca! Um babaca-mor meeeeeeeeeeeesmo! Lindo, mas não vale o que come! Rs... Fico feliz que tenha gostado de Axl e Bella e que esteja empolgada com a história! Muito obrigada pelo comment, Dama do lago!!! Adorei!!! :D S2

      Excluir
  16. Finalmente aqui estou!! Apenas adorei esse capítulo!!
    Li o nome do Axl certo, nem acredito HAHAHA. Poxa, uma pena que a Bella teve que se afastar dele, mas talvez seja o melhor para os dois. Mesmo assim, na torcida por eles!
    Já não gostei desse Nick, possessivo e playboyzinho demais. Espero que a Bella dê a volta por cima.
    Adorei as músicas, a banda é maravilhosa. Gostei de cara do Dave e da Gi, mas não teve parte mais engraçada do que o Axl cantando "Toca o telefone", incrível kkkkkk.
    Bom, adorei sua escrita <3 Até breve e seguirei pro próximo capítulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viiiic, que legaaaal!!! :D
      Respondendo: :D

      Muito feliz que vc adorou o capítulo!!! :D
      Olhaaaaaaa, que massa que vc leu o nome do Axl certoooooo!!! :D
      Fico feliz que esteja torcendo pela volta dos dois! :D
      O Nick chega a dar nojo, vc vai ver! xD :D Vamos torcer para que, uma hora, a Isabella aprenda a lidar com o irmão ciumento. :)
      Eu tb ri muito com Axl cantando isso! xD :D
      Muito feliz que vc adorou meu estilo de escrever! Também adoro seu estilo! S2

      Muito obrigada pelos comments e espero que se divirta no próximo!!! :D

      Excluir