domingo, 18 de dezembro de 2016

Axl Logan - 03 - A Guitarra


Esta é a história de um Sim chamado Axl Logan.
Acompanhe aqui suas aventuras (e desventuras)!


Dica: para uma melhor visualização (zoom na página), segure Ctrl e aperte o sinal de + no seu teclado (aperte - para diminuir).





Axl Logan
Livro I
Adormecido

Capítulo 3 – A Guitarra


Resumo do capítulo passado: na GeekCon, Dave consegue um trabalho consertando um foguete, Gizella se diverte jogando e Axl é contratado para fazer propaganda de cachorros-quentes; Isabella chega ao evento com Liam; ela procura por Axl, mas os dois acabam não se encontrando; Dave diz para Isabella que Axl está com outra pessoa; e Liam diz para Axl que está namorando Bella. Axl e Bella curtem uma deprê em locais diferentes, pensando um no outro. À noite, Batata e Cabello, os carinhas contratados por Nick para bater em Axl, seguem para realizar o serviço e são convidados, por seu próprio alvo, a entrar em seu apartamento.


San Myshuno.
Vizinhança do Mercado de Especiarias.
Edifício Culpepper, apartamento 19.


Música de Cena: Borba de Paula - Eu vou Pedir à Lua



O som não estava mais tão alto; mas porque Cabello o diminuiu um pouco para que vizinhos não batessem na porta novamente. E já não era mais metal ou rock tocando ali, mas aquelas músicas que o vocalista da Nordic só ouvia quando estava beeeeeem “cheio do mel” (ou, em outras palavras: muuuito bêbado). Quando entraram no apê, Axl os chamou “alegremente” para beber alguns copos de Old Yorkfield 16 e para comer pizza.
- Meodeos, man! – Batata, de pé bebendo, falava só para Cabello ouvir, enquanto Axl dançava e cantava alto. – Esse cara é brother demais, véi!!!


Axl cantava: - ♫ Eu vou pedir à lua pra iluminar a rua, pra ver se eu encontro o meu amor, oh, oh, oh, oh! Você se escondeu e eu nem sei aonde ir! Por que você se esconde? Eu vou te procurar! 



- No estado em que ele está, acho que ele seria brother de qualquer um. – Cabello respondeu, rindo e comendo um pedaço de pizza.



- Nunca fomos tão bem tratados por um alvo antes! Até me arrependi de termos quebrado as paradas da banda do cara! – Batata falou baixo só para o amigo ouvir.
E Axl ainda cantava: - ♫ Oh, lua! Oh, lua cor de prata, me diga, por favor, por onde anda aquela ingrata!♫ Ei, caras! Comam mais! Bebam mais!!! A noite é uma criança!!! – Ele dizia, amigável e com a voz grogue.



E enquanto Batata pegava um pedaço de pizza, Axl ia novamente nas bebidas, cantando: - ♫ Oh, lua, me diga, por favor, se ela anda sozinha ou se tem um novo amoooor! ♫



- Vou até limpar a bagunça aqui, man, para não dizerem que nós dois somos visitas ruins! – Cabello falou pegando os pratos e copos sujos que estavam espalhados por ali.
- Quem te viu, quem te vê, Cabello! O espírito natalino te pegou! – Batata riu.
- Pessoal, deixem essas coisas aí! Amanhã eu dou meu jeito! – Axl riu, lesado.



Cara, por que aquele playboy do Nick quer ferrar com a vida desse maluco, hein? O sujeito parece ser de boa demais!”, Cabello se perguntava.



- Jogar uns videogames da hora, man? – Axl perguntou.
- Aêe, maluco! Achei que não ia convidar! – Batata riu.



- Quais jogos você tem aí? – Batata perguntou.
- Cara, tem um de boliche, saca? Mas eu sou muito ruim nele! – Axl riu.
E enquanto os dois conversavam, Cabello lavava a louça suja. “Acho que vou dar uma sacada no resto da casa... Ver se eu descubro porque o playba está de perseguição com esse sujeito.



E enquanto Batata conversava com Axl, Cabello foi dar uma olhada na casa toda.



Entrou no quarto de Axl, mexeu no armário dele e encontrou fotos do vocalista com seu pai, segurando sua guitarra, e dele com Isabella. “Hora de fazer uma pesquisa...”, Cabello pensou.



Então ele foi até o computador na sala, aproveitando que os outros dois jogavam animados.



Hmmm... A garota nas fotos com o Axl chama-se Isabella e é irmã do Nickollas. Família de bilionários... Quer saber? Eu não quero estar envolvido na sujeira desse playboy. Esse Axl parece ser um cara legal!”, Cabello pensou.



Então ele puxou a cadeira do pc e colocou de frente para os dois ali, após desligar o som.



- Ei, man, tá tudo bem? Quer que eu mude a música? – Axl perguntou.



- Cara, se ligue: você é um sujeito muito legal e não merece ganhar umas porradas tão perto do Natal. Escuta bem o que vou te dizer: quem está te prejudicando e quem mandou quebrar os instrumentos da tua banda foi o Nickollas Refaeli. Não sei qual a treta que ele tem contigo, mas ele pagou uns caras para te baterem e para quebrarem a guitarra que teu pai te deu. – Cabello disse, sério. E jamais iria dizer que “os caras” eram ele e Batata, claro!



- A guitarra que meu pai me deu! – Foi a única coisa que Axl absorveu de toda aquela informação. – Caramba, man! Levaram a guitarra que meu pai me deu... E eu perdi minha namorada...
- Nós estamos com sua guitarra, man. – Batata disse.
- Não briiiiinca, véi!!! – Axl sorriu bobo.


- Vou pegar a guitarra lá, man! – Batata falou, saindo.


- Beleza. E, Axl, ainda quero te recompensar pelos erros “dos caras” que quebraram os instrumentos da tua banda... Senta aí. – Cabello disse.


Axl sentou-se e Cabello continuou: - Eu imagino que vocês perderam boa parte da renda de vocês após a perda dos instrumentos...



- É verdade! Mas tudo se ajeita, brother! O importante é que vocês encontraram a guitarra do meu pai!!! – Ele disse, animado, com a voz embolada.



- Chega aí. – Cabello levantou e entregou alguns Simoleons para Axl, mesmo porque não lhe fariam tanta falta, já que Nick tinha lhes pagado muito bem para bater no vocalista. – Essa grana é para você comprar novos instrumentos para sua banda. E esse é meu número. Caso alguém queira aprontar com vc, moleque, pode me chamar que eu e Batata viremos aqui para te ajudar.
- Cara, man, você tá me deixando emocionado!
- Relaxa, cara. Você é brother. E, se um dia ficar famoso, lembra da gente! Podemos ser seus seguranças!



- Hey, Axl! Aqui tua guitarra, véi! – Batata sorriu, feliz que ele e o amigo tinham resolvido fazer uma boa ação.



- A guitarra... do meu... pai... – Axl mal acreditava que estava diante dela novamente. Parecia um sonho.



Então ele precisava tocar e cantar uma canção: a que era a preferida de seu pai!




Música de Cena: Steppenwolf - Born To be Wild

- ♫ Get your motor runnin'! Head out on the highway! Looking for adventure in whatever comes our way! Yeah, darlin', gonna make it happen! Take the world in a love embrace. Fire all of your guns at once and explode into space! I like smoke and lightnin'. Heavy Metal thundeeeer!!! Racing in the wind and the feeling that I'm under!♫1

1 Tradução: deixe seu motor funcionando. Pegue a estrada! Em busca de aventura em tudo o que aparecer em nosso caminho! Sim, querida, vamos fazer acontecer! Abrace o mundo com amor! Dispare todas as suas armas ao mesmo tempo e exploda espaço afora! Eu gosto de fumaça e relâmpago. O barulho do Heavy Metal! Correndo com o vento e o sentimento que ele provoca em mim!



- ♫ Yeah, darlin', gonna make it happen! Take the world in a love embrace. Fire all of your guns at once and explode into space! Like a true nature's child, we were born, born to be wild! We can climb so high! I never wanna diiiiiiiiiie!!! Born to be wiiiiiiiild!!! Born to be wiiiiiiiild!!! ♫2

2 Tradução: sim, querida, vamos fazer acontecer! Abrace o mundo com amor! Dispare todas as suas armas ao mesmo tempo e exploda espaço afora! Como um verdadeiro filho da natureza, nós nascemos, nascemos para ser selvagens! Podemos escalar tão alto! Eu nunca quero morrer! Nascido para ser selvagem! Nascido para ser selvagem!



- ♫ Get your motor runnin'! Head out on the highway! Looking for adventure in whatever comes our way! Yeah, darlin', gonna make it happen! Take the world in a love embrace. Fire all of your guns at once and explode into space! Like a true nature's child, we were born, born to be wild! We can climb so high! I never wanna diiiiiiiiiie!!!♫3

3 Tradução: deixe seu motor funcionando. Pegue a estrada! Em busca de aventura em tudo o que aparecer em nosso caminho! Sim, querida, vamos fazer acontecer! Abrace o mundo com amor! Dispare todas as suas armas ao mesmo tempo e exploda espaço afora! Como um verdadeiro filho da natureza, nós nascemos, nascemos para ser selvagens! Podemos escalar tão alto! Eu nunca quero morrer!


O vizinho batendo de novo na porta do apartamento dele, reclamando do barulho na madrugada.



- ♫ Born to be wiiiiiiiild!!! Born to be wiiiiiiiild!!!♫4

4 Tradução: nascido para ser selvagem! Nascido para ser selvagem!



E, depois, Axl foi beber mais com os novos amigos. A noite ainda seria longa e ele ainda tocaria muitos outros sons, para a infelicidade dos vizinhos! E, não muito mais tarde, Cabello e Batata sairiam tão “altinhos” dali que não ajudariam a arrumar a bagunça.







Finalmente era manhã e Dave chegou ao apartamento que dividia com o primo. Ele passou a madrugada cuidando do bar na “Los Pardais”. “Espero que esteja tudo bem com o Axl. Ele me prometeu que não iria aprontar, então...”, ele pensou ao entrar.


Aquela é a guitarra do Axl? Mas como...?!”, ele se perguntou, surpreso; e claro que, organizado que era, logo notou a bagunça ali.


Pelo jeito, rolou festinha aqui! Cara, esse meu primo não anda na linha mesmo!”, Dave pensou enquanto olhava tudo.


Quer saber? Big Joe está certo. Preciso contar o que está rolando para o Axl, até porque ele vai saber logo logo...”.


Mas Dave decidiu que, antes de conversar com o primo, iria arrumar “a zona”. Começou guardando as pizzas.


E sua indignação foi tanta que bateu forte a porta da geladeira algumas vezes; mas Axl continuou dormindo.


- Irresponsável! – Dave reclamou enquanto o primo estava no décimo sono.


Ele vai ter que me explicar direitinho como a guitarra dele apareceu aí!”.


Lavou toda a louça suja.


E, por fim, pegou o último copo de bebida ali e sentou-se no sofá.


- AXL, acorda!!! – Chamou o primo algumas vezes até ele despertar.


- Dave,... Barbaridade, man! Parece que passou um caminhão por cima de mim! – Axl falou, sentindo-se tonto e lento. – Que dia é hoje? Que horas são?... – Perguntou, perdido.


- Axl, senta aí. Precisamos conversar. – Dave disse, sério.


- Caramba, o que eu fiz...? – Ele sentou-se mais próximo do primo, já preocupado sentindo que tomaria uma bela de uma bronca.
- Cara, não sei. Sei que a casa estava um pulgueiro, uma zona. Mas como sempre, claro, eu arrumei tudo! E também sei que tua guitarra está aqui, inexplicavelmente.


- Caramba!!! Minha guitarra!!! – Axl abriu um largo sorriso, esquecendo-se da ressaca por alguns segundos; e ele ia levantar e correr até o presente de seu pai, mas Dave não o permitiu fazer isso, forçando-o a sentar-se novamente. E, nessa movimentação, a quantia de Simoleons (que Cabello lhe deu) caiu de seu bolso, junto com uma nota. – Olha isso, cara! – O vocalista então leu o recado: - “Essa grana é para vocês comprarem os instrumentos da banda. Seus novos fãs!”. Caramba!!! Olha isso, man!!! Será que isso é coisa do mesmo pessoal que trouxe a minha Mylant de volta? – Era assim que ele chamava a guitarra dele. E ele já não se lembrava de nada que tinha acontecido naquela madrugada.



- Capaz. Não sei. Pelo menos é um problema a menos! – Dave suspirou. – Mas, man, eu preciso falar sério contigo! Depois tu vê a guitarra! – Dave disse, irritado.
- Beleza, primo... Pode falar... – Axl ficou bem sério, tentando se concentrar na conversa e não na guitarra dele ali na frente.



- Atrasamos o aluguel três meses, cabeça, e o locador entrou com uma ação de despejo contra a gente... E amanhã, a uma hora dessas, estaremos no olho da rua. – Ele apontou rapidamente para fora. - Estamos sem grana e breve ficaremos sem teto também. E não te contei antes porque não quis te preocupar... Você já estava bem mal por conta dessa parada com a Isabella e com os instrumentos da banda que foram destruídos, com tua guitarra perdida, que agora apareceu aí!...



- Caaaaaaara, Dave!... Você devia ter me contado, meu!
- Não quis te ver ainda mais preocupado, cabeção! Mas agora já era. Precisamos nos preparar para sair daqui amanhã cedo.



- Não podemos ficar um tempo na casa da Gizella? – Axl perguntou.
- Não, man. A Gi também está quebrada e morando de favor na casa de uma amiga. Não tem como a gente ir para lá também. – Ele disse, bebendo mais.



- A gente pode pedir mais um tempo para o Sr. Kengo Sasaki, o senhorio... Daí a gente faz uns shows extras com a Nordic Lhama, já que podemos comprar instrumentos novos!... – Axl disse.
- Acho difícil os bons clubes nos chamarem para algo sério pra banda. Tá todo mundo zoando nossa cara por causa do teu vídeo cantando músicas toscas.
- Que povo sem senso de humor!



- Ou... – Dave disse, pensativo. – Ou, no lugar de comprar os instrumentos, podemos usar essa grana para pagar o aluguel... Ainda ficaríamos devendo um pouco, certo?... Mas pelo menos, talvez, teríamos um tempo por mais um ou dois meses...
- É isso mesmo, cara. Essa é a decisão mais acertada e responsável! – Axl disse, de um jeitão todo sério que era meio engraçado.





Naquele mesmo dia, poucas horas depois, em Newcrest.
Vizinhança da Música.



Aquele era um dos locais mais visitados pelos músicos do Mundo Sim. Havia duas lojas que vendiam tudo relacionado à música, um grande parque onde bandas se apresentavam todos os finais de semana e dois restaurantes: um, elegante, muito frequentado por produtores e empresários (alguns Sims já famosos vez ou outra apareciam por lá) e outro que servia um brunch por um preço bem acessível.


Axl, Dave e Gizella primeiro foram à Rock Legend.


- Gostei desse teclado... – Gi sentou-se e começou a tocar uma canção. Seu cabelo todo cheio de rosas laranjas; ela amava fazer penteados diferentes, exóticos!


E Axl sentou-se em uma cadeira próxima e começou a testar o microfone: - Alôu-alôu. Som, som. Gravando. 1, 2, 3, gravando. ♫ Oppa gangnam style! Gangnam style! Op-op-op-op-oppa gangnam style! Êeeeeeh, sexy lady!!! Op-op-op-op-oppa gangnam style! ♫ - Ele cantava, rindo. E a vendedora caiu na risada também.



Já Dave olhava as guitarras ali. Estavam sem baixos no local.



Vamos comprar os instrumentos e não vamos pagar o aluguel. Quero ver onde a gente vai dormir amanhã!”, ele pensava, tentando não se preocupar. Mas o fato é que ele estava empolgado para eles voltarem a ensaiar com mais frequência; só que, para isso, eles precisavam dos instrumentos, por isso a decisão de priorizá-los.



Enquanto isso, Axl continuava na palhaçada: - ♫ Oppa gangnam style! Gangnam style! Op-op-op-op-oppa gangnam style! Êeeeeeh, sexy lady!!! Op-op-op-op-oppa gangnam style! ♫


Até que, depois que escolheu algumas coisas, Dave se aproximou deles: - Gi, vai querer esse teclado?



- Ele é muito bom, mas eu quero uma cor mais discreta. – Ela respondeu.
- Então vamos dar uma olhada na outra loja. – Dave disse.



- Gente, primeira vez que entramos nessas lojas com grana para comprar à vista! Isso é bão demais! – Axl riu.
- Tá. Só me expliquem de onde surgiu todo esse dinheiro. Vocês não estão metidos com nada errado não, né? – Gi os olhou com seriedade.
- Deve ser vaquinha de fã. Entregaram essa grana para o Axl essa madrugada, mas como ele estava cheio do Néctar, não se lembra do que houve, para variar. – Dave explicou.
- Aaaah, tá! Nossa, não sabia que já tínhamos uma base de fãs tão “legal”. Mas olhem bem: se eu descobrir que vocês estão me enrolando, eu quebro a cara dos dois. – Gi disse, de boa, apesar de que a ameaça era para valer; a questão é que achou aquela história esquisita. – Mas então! O que pegaram aqui? – Ela perguntou.
- A bateria, umas caixas de som, uns microfones novos e aquela cadeira onde o Axl estava sentado. Eu pedi para eles entregarem na Los Pardais. Avisei o Big Joe e a Makena antes, claro. – Dave disse. – Agora vamos nessa! Ainda precisamos encontrar o teclado.


- ♫ Oppa gangnam style! Gangnam style! Op-op-op-op-oppa gangnam style! Êeeeeeh, sexy lady!!! Op-op-op-op-oppa gangnam style!
- Acho que o Axl travou só nessa parte da música. – Dave riu.
- Já o viu inventando a letra disso? Não queira ouvir! – Gi sorriu.



- Vamos nessa, galerinha! Uma corridinha para animar! – Dave riu.
- Vai comer poeira, cabeça! – Gi riu, passando na frente do amigo.
E Axl subitamente voltou ao desânimo.



Ele se lembrou da ex e começou a andar cabisbaixo.



Passaram pelo elegante restaurante Petales et Vin.



E depois perceberam que já havia movimentação no parque do Festival de Música. E eles estavam loucos para conseguir tocar lá um dia!



Apesar de que Axl não conseguia pensar nisso agora.



Então finalmente chegaram à loja Fiddle Around, que ficava ao lado do pequeno restaurante Sunrise.



- Gente, morri e estou no céu? – Gi riu.
- E esses troféus? Um dia ganharemos vários. – Dave sorriu.



- Estaremos no céu quando ganharmos um prêmio de melhor banda de metal do Quarto Império Símico!!! – Axl se empolgou novamente; e foi como se a tristeza tivesse se evaporado do nada. - Daí nós nos apresentaremos em um palco super decente para milhares de fãs e para o nosso Imperador! Cara, vai ser demais!
- Podes crer, primo! – Dave disse, sentindo-se positivo.



- Vamos dar uma sacada lá em cima, pois eu não estou a fim de um teclado com essa cor “cheguei”! – Gi disse, já subindo e sendo seguida pelos dois.



- Ooopa! Olha isso, galera! – Axl se empolgou.
- Acho que encontramos tudo e um pouco mais do que procurávamos, hein! – Dave disse, animado.


Então Gizella foi direto para um lindo teclado que era exatamente da cor que ela estava procurando.


E Dave foi dar uma olhada nas guitarras e baixos.



Já Axl ficou encantado com uma peça antiga que havia ali: um piano da época do Segundo Império!



- Caramba! Isso aqui é uma relíquia! Tem uma discreta plaquinha aqui que diz: “Recuperado pela grande restauradora Andrea Freitas”. Caramba, ela realmente fez um trabalho incrível! Olha o som desse piano! Perfeito! E olha o preço, olha isso! Dave, man, vamos levá-lo, pelamor!!! – O vocalista disse, completamente empolgado.
- E eu já achei o teclado, pessoal! – Gi não parava de tocar também.



- O teclado, o piano e essa mesa de som. A minha felicidade é que ainda não encontrei baixo melhor do que o meu.
- Minha Mylant também é insubstituível! – Axl disse, entretido com o piano.


- Pessoal, então beleza. Vamos adiantar nossa vida e comer algo? – Dave perguntou.
Então trataram de fazer isso.



Logo estavam no Sunrise.



Fizeram seus pedidos e então voltaram a conversar.



- Meodeos, gente! Olha ali a diva da Laura Caixão! – Gi exclamou quando percebeu a famosa celebridade ali perto. – Preciso pegar um autógrafo!



- Vai pelo menos deixá-la terminar de comer com a família dela, né? – Dave perguntou, mas mais na zoeira mesmo.



- Não está achando que eu sou inconveniente, né?... – E então ela pensou: “Talvez eu seja, pois eu já ia pegar isso agora!”, Gi deu um sorriso amarelo.
Quatro cadeiras. Era eu, o Dave, a Gi e a Bella... E eu aposto que ela ia querer panqueca, que nem eu!”, Axl estava perdido em seus pensamentos.



E como que adivinhando os pensamentos do vocalista da Nordic Lhama, Gi perguntou: - Pessoal, e como vai ficar a situação da Isabella na banda?
- Ué, como está! – Axl respondeu. – Ela canta com a gente.



- Axl, ontem ela estava atrás de você lá na GeekCon... Você a encontrou? O que ela queria? Eu até me esqueci de perguntar de tão cansado que cheguei. – Dave disse.  E sim. Ela mesma confirmou pra mim que continua na banda.
- Cara,... – Axl suspirou. – Parece que ela está namorando um tal de Liam... O cara parece o Ken da boneca Barbie. Todo do mundinho dela lá... – Ele disse, desanimando novamente. - E eles queriam me chamar para jantar com eles e um grupo de amigos deles hoje, no Sky Dining II...



- No Sky Dining II na Cidade Alta? Nossa! Eu teria que vender um rim para jantar naquele lugar. – Gi disse. – E vocês ainda tem Simoleons para o Axl ir lá? – Ela perguntou para os dois, mas olhando para o Dave, que, por ter mais noção, era quem cuidava das finanças do primo também.
- Yeap. Tenho. Mas você vai mesmo, Axl? – Dave perguntou.



- Eu vou, pessoal. Porque eu preciso ver se ela já me esqueceu assim fácil enquanto eu estou aqui de trouxa pensando que ela ia amar a panqueca desse lugar...
- Tá de trouxa mesmo, hein! – Gi reclamou.
- É que você ainda não foi picada pelo pernilongo do amor. – Axl respondeu, sério, mas fazendo uma cara engraçada.



- E você vai deixar teu primo ir sozinho nessa? – Gi perguntou para Dave.
- Ele é de maior. – Dave respondeu.
- Eu sou de maior. – Axl disse, como que confirmando.



- Então vai chegar sozinho lá só para ver a Isabella com outro cara e vai embora? Pára tudo! Está tudo errado! Você tem que chegar lá arrasando, por cima da carne seca, meu bem! – Ela disse.
- Como assim, Gi? – Axl perguntou do jeito lesado dele.



- Posso até imaginar qual o teu plano, Gi. – Dave disse.



- Axl, meu querido, você não vai sozinho. – Gi agora estava animada. - Você vai levar minha amiga que é modelo! Eu converso com ela, você é gatinho, vocês fingem que estão saindo juntos! E ainda te digo mais: você tira onda. Dá um oi para Isabella e o tal do novo ado dela e nem senta na mesma mesa que eles. Vai para outra mesa com a minha amiga. Mó clima romântico!



- Mas eu gosto da Bella! – Axl riu, olhando para o primo como quem pergunta “o que você acha?”.
- Olha a deusa da Laura indo embora! Misericórdia! Ainda serei como ela quando crescer! Divaaaaaaaaaaaa!!! – Gi “gritou” baixinho só para eles ouvirem.
- Eu acho que se ela estará com o carinha, seria bom você não estar sozinho, né?... – Dave disse.



- Hmmm,... Então beleza. Eu topo. Esta noite eu irei ao Sky Dining II com essa tua amiga modelo. – Axl disse.


E então, assim combinado, eles curtiram seu brunch conversando sobre os detalhes daquele jantar e sobre os planos que tinham para a banda.













Hi, amigo Simmer! Obrigada por acompanhar essa história!
Um agradecimento especial à Andrea Freitas (pela guitarra do Axl – sem a fumacinha –, pelo piano do TS2 e pelo carinho de sempre!)!
Tenham uma ótima semana! :)

Um abração e Feliz Natal e um Ano Novo maravilhoso para todos vocês!!!





CRÉDITOS:

SIMS:
Baixados da Galeria e, alguns, modificados.

OUTROS:
Guitarra do Axl: by Andrea Freitas;
Guitarras: Musicians Pack;
Piano do The Sims 2:
Passado para mim pela querida amiga Andrea Freitas.


Obrigada a todos criadores!
Thank you to all creators!



20 comentários:

  1. Emoção total! Pela guitarra, pelo piano (onde fiz uma pequena alteração do piano de Esmeralda-MTS) e pela minha diva!!!
    Estou me sentindo como Gi: ainda serei como Laura quando crescer!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nooossa, a Laura é maravilhosa, diva total! :D Acho bem difícil alguém não gostar dela! Mas tem gosto para tudo, né? xD Beijocas, Dea!!! E obrigada mesmo por tudo!!! :D

      Excluir
  2. O Parque do Festival de Música me fez lembrar do Rock in Rio! Amei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, eu nem estava procurando um parque quando o encontrei na Galeria! Fiquei apaixonaaaaaaaaaada por esse lote!!! É lindíssimo meeeesmo!!! Mal posso esperar para colocar a Nordic para tocar lá algum dia! xD :D

      Excluir
  3. Gente ri muito com esse capítulo. Você é muito criativa Sally.
    Estou curtindo bastante essa história, o Axl é muito figura e o vocabulários deles é engraçado!

    O Axl é tão doidão que os caras nem bateram nele,essa cena foi show.
    Feliz Natal!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Huhauhuahuhauhuaua... Jess, também ri muito enquanto montava essa cena dos carinhas com o Axl! xD Muuuuuito obrigada pelo seu comment e pela parte do "muito criativa"! Rs... Feliz Natal, Jess!!! Beijocas!!! :D

      Excluir
  4. O Axl sobe de nível quando escuta essas músicas, to falando kkkkk
    Ele deu mta sorte, ia apanhar muito ali. Pelo menos ele ganhou dois aliados.

    Mas ainda acho que pagaria o aluguel, sei lá. Ele gastou muito dinheiro!!
    Vai dar treta no próximo capítulo, treta das grandes! kkk

    Feliz ano novo Sally!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Huhauhuahuhuahuahua... Verdade, Nihal! Daqui a pouco vira um Bardo épico só de ouvir essas coisas! xD E sim, sim! Se ele não tivesse gastado tanto, teria dado para pagar o aluguel de boa! Huhauhuahuhauuaua... E ele ainda vai gastar mais uma fortuna no tal restaurante caríssimo! É muito sem noção, né? xD Obrigada pelo comment, Nihal!!! Feliz Ano Novo!!! Abração!!! :D

      Excluir
  5. Sua criatividade é enorme!!! Coitado que ele nem conseguiu explicar como conseguiu a guitarra, e espero que os caras se rebelem contra o irmão da Bella, e dão uma dura nele, pra cair na real! Ninguém merece ele. E a Gi é maravilhosa <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Huhauhuauauuahuahuahua... A Gi é o máximo! Tb gosto demais dessa personagem! :D E o irmão da Bella é um mocinho bem difícil mesmo! Rs... Obrigada pelo comment, Deni!!! :D S2

      Excluir
  6. Adorei. Ainda bem o que Axl não apanhou!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas foi quase, hein! Kkkkkkkkkkkkkkkk... xD :D
      Obrigada pelo comment, Leo!!! :D

      Excluir
  7. Mais um capítulo sensacional! As músicas são ótimas, adoro como temos gostos parecidos hahaha! Você planeja todas as situações que acontecem e controla todos os sims ou algumas coisas acontecem no improviso mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mooon!!! Cara, fico feliz que vc curta as músicas! E nossos gostos são parecidos mesmo! :D \m/ Mas então! Eu sempre tenho uma ideia da cena que quero. Daí, na hora de bater as fotos, vou testando as interações deles, para pegar as melhores caras, as melhores expressões, já que não uso poses. Então dá um certo trabalhinho, mas vale a pena! :D

      Excluir
  8. Oiee Sally!!
    Amei esse capítulo! Parabéns!!! Essa história é maravilhosa!!
    Adorei que Cabello e o amigo estão do lado de Axl, devolveram a guitarra e ainda ajudaram com dinheiro.
    Tô rindo muito do Axl hahaha e sentindo pena dele por estar sofrendo.
    A Laura divando ali :D
    "Restaurado por Andrea Freitas" kkkkk legal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiiiieee, Mah!!! \o/ :D
      Caramba, fico super feliz por vc ter amado este capítulo!!! :D
      O Axl foi tão gente boa com os dois que eles decidiram que não seguiriam os planos do Nick. Rs... Daí, fizeram o contrário: ajudaram o vocalista! xD :D
      E o Axl é uma figura, né? xD :D A gente até sente pena dele, mas não consegue parar de rir das tontices dele! xD :D
      Quanot à Laura, é uma maravilhosa, né? Sou fã da família caixão! Família ícone do The Sims! :D Engraçado que ela sempre aparece no meio das minhas fotos, nos locais onde as cenas são feitas. Huhauhuahuhauhua...
      Ah, é porque foi a Déa que fez a conversão daquele piano (que é do TS2) para o TS4! :D
      Mah, muito obrigada pelo carinho, pela leitura, pelo comment! É super importante para mim! Beijocas!!! :D S2

      Excluir
  9. Aah, eu jurava que ele ia levar umas cassetadas KKKK. Axl é tão gente fina que nem os bad guys conseguiram ser escrotos com ele como o #nickpodre queria XD. Amei MT esse episódio e mal posso esperar pra conhecer essa amiga modelo e ver a cara da Bella. Porém, shippo forte e quero esses desentendimentos superados tão lendo isso Axl e Bella? U.u
    Sally,vc é incrível e já me fez gostar MT do Axl só por esse jeitinho meio 'o que tá acontecendo?' dele XD.
    AAAH, quase me esqueci. Gi é divaaa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Huhauhuahuhauhauhau... Mas não é? Ele foi tão brother que os caras gostaram dele! Kkkkkkkkkkk... Nick se lascou nessa! Rs...
      Fiquei muito feliz que vc amou este capítulo!!! \o/ :D
      E sim, sim! Logo você verá a carinha de Isabella ao ver a amiga de Gi (e concordo: Gi é uma diva maravilhosaaaaaaaa!). Rs... E vc verá em breve o que acontecerá com o casal #Axlla. xD :D Esses dois se amam! :D S2
      E muuuuuito obrigada, Dama do Lago! :D S2 Eu fico tão feliz de saber que vc tb gosta muito do Axl! E ele tem um coração de ouro, apesar desse jeitinho tonto. Rs...
      Muuuuito obrigada também pela leitura, pelo comment e pelo carinho!
      Beijocas! :D S2

      Excluir
  10. Ahhhh que alívio! Axl e a Mylant inteirinhos, ufa. Eu jurava que ele ia apanhar, ainda bem que os caras além de ajuda-lo e muito, fizeram uma amizade. O que será que vai rolar nesse jantar? E eles vão conseguir pagar o aluguel? AI MDS!!Sigo pro proximo capítulo, adorando!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiii, Viiiic!!! :D
      Sim, sim!!! Olha que loucura isso: os sujeitos foram com a cara de Axl, devolveram a Mylant e ainda pagaram pela destruição dos equipamentos da banda! Huhauhauhuahuhau...
      Acho que muitas de suas perguntas serão respondidas no próximo capítulo!
      Divirta-se e obrigada pelos comentários!!! :D S2

      Excluir