segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Axl Logan - 09 - Confiar ou Não?


Esta é a história de um Sim chamado Axl Logan.
Acompanhe aqui suas aventuras (e desventuras)!

Dica: para uma melhor visualização (zoom na página), segure Ctrl e aperte o sinal de + no seu teclado (aperte - para diminuir).





Axl Logan
Livro I
Adormecido

Capítulo 9 – Confiar ou Não?



Resumo do capítulo passado: Cabello e Batata reencontram Axl e o levam até a casa que estão fazendo de esconderijo, onde a cantora Elle DeVampiro, da banda de metal Dark Battle, se recusa a ir embora; Dave finaliza a parte do baixo na canção que gravam no estúdio dos Vatore; ele e Gizella retornam para o Hotel Straud e curtem uma noite temática no local; Elle e Axl decidem sair e ajudar os dois bandidos (que foram presos); na Unidade Policial de Magnolia Promenade, Sierra tem uma conversa com o deputado Victor Feng e com o advogado dele; Elenor conversa com Sierra sobre o vídeo que Ning teria tentado vender para Marit Refaeli um dia antes de ser encontrada morta; Elenor e a amiga Nelly vão lanchar no Dogão e Liam e Terry se aproximam das duas.


Magnolia Promenade.
No Dogão.




Liam e Terry se aproximaram da mesa onde Elenor e Nelly1 estavam.

1 Nelly Fernandez é a personagem protagonista da história Casos Ainda Não Solucionados, de minha linda amiga e autora Denise Martins! Acompanhe e não perca! E o mais legal: enviei o texto das falas da Nelly para Deni e ela fez algumas modificações importantes (nessas falas) para deixá-las exatamente como a própria personagem as diria! Muito obrigada, Deni!!! \o/ :D S2



- Bom dia. Estão precisando de ajuda? – Nelly perguntou aos dois.
Elenor tensa, com a expressão bem séria.



- Desculpem a ousadia. Será que podemos fazer companhia a vocês? – Liam deu seu melhor sorriso; e os dois então pegaram as cadeiras da mesa onde estavam antes e se juntaram a elas.
E Terry era só simpatia também.
- Oh, já sentaram, né? – Elenor respondeu sem curtir muito a intrusão ali. – Eu estava tentando conversar com minha amiga aqui, que não vejo há muito. – Ela disse desejando que eles criassem noção e fossem embora.



- Meu nome é Liam. – Ele se apresentou.
- E eu me chamo Terry.



- Eu sou a Nelly, prazer em conhecê-los!
- E eu sou a Emilly, cozinheira na casa da família do seu amigo Nickollas Refaeli. – Elenor disse, séria, olhando-o; tinha acabado de decidir usar seu disfarce a seu próprio favor; imaginava que quando ele se lembrasse dela, de que ela era “apenas” a cozinheira, ele sairia logo dali. Ela acreditava que ele fosse desses.



- Emilly? – Liam riu, meio sem graça com o jeito que ela falou. – Errr,... Tudo bem?...



- Então vocês já se conhecem? Você também é cozinheiro como a gente? Que legal! Assim poderemos abrir um restaurante! – Nelly entrou na história da amiga, mais por zoeira.



- Oi, eu? Não, não! Eu sou empresário. – Liam respondeu um pouco sem graça com o jeito frio que Elenor lhe olhava. – Mas gostei dessa ideia de abrir um restaurante, hein! – Ele brincou.
E Terry sorriu, olhando o cardápio: - Se vocês entendem de comida, o que sugerem que peçamos?
- Pede o Big Dogão. – Nelly disse. – É muito bom!



- Desculpa perguntar, mas seu sotaque... Você é do Segundo Império? – Terry perguntou para Nelly.



- De certa forma, podemos dizer que sim! – Nelly o olhou, impressionada por ele ter notado, já que o sotaque dela não era tão perceptível. – Eu nasci na Cidade Velha, no Primeiro Império, mas me mudei bem nova para o Segundo Império, onde agora moro em Riverside. E é um lugar bem legal! Há sempre coisas bem interessantes acontecendo por lá!



- Mas, olha, que interessante! Meu bisavô nasceu no Segundo Império. E meu avô no Terceiro! – Terry sorriu.



E enquanto Terry conversava com Nelly, Liam perguntava para Elenor: - E então, Emilly? Um jantar para nós nos conhecermos melhor?
- O que um bilionário quer com uma simples cozinheira, posso saber? – Ela perguntou.



- Desculpa, mas sua colocação me parece bem carregada de prejulgamentos.... – Ele disse.
- Explique-se. – Ela o olhou, curiosa.
- Se você acha que a diferença entre o que ganhamos e fazemos para trabalhar é um empecilho para nos conhecermos, isso é bem preconceituoso. – Ele respondeu, de boa.



- E por que eu deveria sair para jantar com você? – “Além do fato de você ser claramente muito gato?”, Elenor pensou após ter feito a pergunta para ele, tentando parecer desinteressada.
- Porque a comida do Pan Europa é a melhor e porque eu sou um cara legal. – Ele sorriu. – A gente se encontra, janta, conversa, dança e, se você não me achar um cara interessante o suficiente, sempre se pode ganhar uma nova amizade, não? Sai todo mundo ganhando! – Ele parecia bem simpático.



- Ok. Vou pensar. – Ela disse, acreditando que ele só queria mais uma conquista na listinha dele. – Mas, no momento, só quero curtir um bom bate-papo com minha melhor amiga, tudo bem?
- Entendido. – Ele disse de boa. – Mas me dá seu número? Eu te ligo no próximo final de semana. Nesse não estarei aqui. – Ele explicou.
- Tudo bem. – Ela disse, sem colocar muita fé nas palavras dele.



Eles então passaram seus números um para o outro, enquanto Nelly dizia para Terry: - Desculpe. Não posso aceitar esse convite para jantar. Meu coração já tem dono. Mas um dia você vai achar alguém que também ganhe o seu, sabe! – Ela sorriu.



- Bem,... Vamos, Terry? Não vamos atrapalhar a conversa de duas amigas que não se veem há tempos! – Liam sorriu, levantando-se e sendo seguido pelo amigo. – Foi um prazer conhecê-las. – Ele disse, sem tirar os olhos de Elenor.
- Prazer, garotas. – Terry disse.
- Até loguinho, rapazes! – Nelly disse.
E Elenor apenas acenou para os dois, que logo voltaram para a mesa deles.



- E aí, El? Eu vi aquela troca de números, hein! Tô sentindo o começo de um romance aí! – Nelly riu.
- Bobagem, amiga. Só para me livrar deles. Duvido que ele ligue!
- E se ele ligar? Vai sair com ele? É bonitão! O amigo dele, o Terry, é gatinho também, mas meu coração é do Marlon, você sabe.
- É, eu sei sim. – Elenor riu. – Mas se ligar, vou ficar ligada. Ele tem perfil de playboy que quer ter a mulher aqui na palma da mão, óh.



- Ai, El! Deixa de ser boba e para de ficar colocando defeitos em todo cara que se aproxima de você, menina! Vai dizer que não achou ele gato? Se joga, oh!
- Mas não sei, Nell! Achei gato demais, mas um cara desses deve viver rodeado de modelo. Deve ser difícil namorar um cara assim.
- Namorar? Hmmmm... Alguém aqui já está falando em namorar o gatinho? – Nelly caiu na risada. – Isso está evoluindo mais rápido do que pensei! – Ela zoou.
- Nell, sua louca! – Elenor riu dessa também.



E as duas amigas terminaram o lanche de ótima, rindo e se divertindo com suas conversas.



- E aí, quando vai ligar para ela? – Terry disse, provando o Big Dogão.
- Depois que resolver os detalhes da abertura do Vista Lane.
- Pena que eu não dei muita sorte. A Nelly parece ser muito legal, mas ela já tem alguém. – Terry suspirou.
- Mas você tem a Lori.
- Já te disse que meu lance com a Lori não é muito certo.



- Já estão indo embora... – Liam disse.
- Caramba! Isso arde! Quanta pimenta! – Terry reclamou.
- Você que não está acostumado com o tempero! – Liam riu, mas sem tirar os olhos de Elenor.



- Eita, El! O gatinho ficou vidrado em você, hein! – Nelly riu. – Aposto que te liga.
- Vamos ver, amiga! – Elenor riu. – Se me ligar, te aviso inbox pelo FaSIMbook.






E as duas então seguiram para o porto, onde Nelly pegaria o barco que a levaria para o Segundo Império.



- Nell, amei te rever, amiga. Da próxima vez, fica hospedada lá em casa! A Leena vai amar rever o Thomas, a Flora, o Patrick, o Marlon,...
- Assim que eu tiver mais um tempinho livre, vou te visitar lá, combinado? E você também! Dá uma passadinha lá no Segundo Império!



- Pode deixar, amiga! Se cuida e faz uma boa viagem, tá? Dá um beijo meu em todos lá! – Elenor disse.
- Um beijo para vocês também, El! Se cuida e boa sorte nos seus trabalhos aí! Tudo de bom!



E logo Nelly retornava a seu lar.





Pouco antes,...
Na Unidade Policial de Magnolia Promenade.




- Bem, já que assinaram todos os documentos e pagaram todas as taxas por eles terem sido detidos, mais as indenizações às vítimas roubadas pelos dois, eles estão livres para sair. No entanto, ainda poderão responder por seus crimes, apesar de estarem agora em liberdade provisória até serem julgados. – O detetive Richardson disse. – Lembrem-se apenas que têm uma semana para informar um endereço fixo onde possamos encontrá-los em caso de necessidade.



- Não se preocupe, detetive. – O advogado de Elle DeVampiro, o Sr. Simon Pierre, respondeu. – Entrei em contato com a Assistência Social do Quarto Império e já adiantamos algumas coisas. Eu mesmo lhe passarei o endereço ainda hoje.
- Tudo bem. E vocês dois! – Richardson falou com Cabello e Batata: - Aproveitem essa oportunidade e saiam dessa vida criminosa que não leva ninguém a nada de bom!
- Hehehehehe... – Cabello riu, sem graça. – Claro, claro! Aprendemos a lição.
- Vamos? – Elle os chamou.



E logo eles estavam saindo dali.



- Ei, Elle, onde vamos? – Axl perguntou.
- Vestir esses dois decentemente. – Ela respondeu.
- Mas, escuta,... Por que está nos ajudando? – Cabello perguntou.
- Porque eu sou uma pessoa de bom coração. – Ela queria acreditar nisso. – Agora cala a boca e para de me fazer pergunta chata! – Elle reclamou.



Assim, logo eles chegaram na Maison.



- Olha só esse lugar, Cabello! Quantas vezes fomos expulsos daqui, hein? – Batata perguntou.
- Acho que duas vezes, mas na última vez foi porque íamos assaltar o lugar e os seguranças perceberam.
- Eu já vim aqui com a minha namorada. Mas fiquei sentado de castigo esperando ela comprar metade das roupas da loja. Mas o que está me deixando feliz agora é o ar-condicionado! – Axl riu.



- Elle, eu preciso adiantar os assuntos relativos aos dois. Verei a casa onde eles ficarão e mandarei o endereço para seu número. – O Sr. Pierre disse.
- Tudo bem, Simon. E veja com a companhia de seguranças que contratamos se eles não precisam de mais gente para trabalhar lá. Se eles os contratarem, podemos usá-los em nossos shows como guarda-costas.
- Tudo bem. Tenham um bom dia então. – Simon saiu.



- Bom dia! Posso ajudá-los? – Uma moça se aproximou.
- Valkiria Hall, querida, sou eu: Elle DeVampiro.



- Elle, amigaaaa! É sempre um prazer recebê-la aqui! – Valkiria sorriu. – Quer dar uma olhadinha na nova coleção exclusiva da Cindy Hella?
- Não hoje, querida. Hoje preciso que me ajude a dar um novo look para dois mocinhos, pode ser?



- Mas é claro! Por favor, me acompanhem! – Valkiria sorriu.
- Vamos, garotos. – Elle os chamou.



- Pois é, caras! Sentado a tarde toda e a minha lôra fazendo compras sem parar! – Axl ainda ria.
- A Elle quer a gente lá em cima. Vamos nessa. – Cabello chamou os dois.



E eles foram ao primeiro andar da loja.



- Aqui vocês vão encontrar todas as novidades das melhores marcas! – Valkiria sorriu.
- Ok, garotos, podem começar! – Elle disse. – Vamos renovar o armário de vocês!



- Eu começo! – Batata disse, animado.



Então ele começou a provar algumas roupas ali, com Elle, Axl e Batata dando pitacos sobre os estilos.



- E você, Axl? Que tal pegar algo e jogar esse casaco horroroso fora? – Elle sorriu.
- Ei, não fala assim... Foi feito pela minha avó. Não jogo fora de jeito nenhum! – Ele respondeu.



- Gostei desse estilo. – Cabello se decidiu. – Além das outras roupas que levaremos, sairei daqui assim. Talvez eu apenas mude as cores do sapato, da blusa e do lenço.
- Ok. – Elle disse. – Básico, mas aceitável.



- Sou eu agora?... Não sei se mereço... – Batata ainda estava um pouco travado, meio sem jeito com aquela situação estranha para ele: ter uma desconhecida lhe pagando roupas em uma loja tão cara.
- Também não sei se tu merece, man, nem se eu mereço, nem se a lojista merece, nem o que cada Sim merece, mas cá estamos. Então vai lá, cara! Aproveite a oportunidade e cai dentro. – Axl sorriu.
Batata pensou um pouco e então respondeu: - Quer saber? Você tem razão!



E então foi a vez de Batata experimentar novos trajes!



- Tudo muito legal!!! – Axl bateu palmas, animado.
- Devo dizer que isso está me divertindo. – Elle disse, sem tirar a seriedade do rosto.



- Gostaram? Meu novo eu! – Batata fez uma selfie.



Enquanto Axl perguntava para Valkiria: - Hey, Val, você por acaso teria uma camiseta baratinha aqui? É que tá muito calor lá fora... Mas, olha, não vou jogar fora esse agasalho que a vovó fez para mim, hein!
Ela riu, achando o garoto um fofo, e como sabia que aquela compra de Elle seria bem grande, resolveu fazer isso: - Olha, vou te dar uma camiseta de brinde, ok?
- Caramba! Muito obrigado! – Ele sorriu, feliz.



E assim passaram toda a manhã ali. Até que Elle efetuou o pagamento das compras feitas.


E então, à tarde, eles partiram para o endereço que o Sr. Simon Pierre tinha acabado de enviar para Elle.






- Véi, cadê você?!!! – Dave perguntou assim que Axl atendeu. O baixista estava super irritado.



- Em Willow Creek, man! Eu estou acompanhando a... – Axl tentou explicar.
- Axl, véeeeeeei!!! Willow Creek, cara?!! Sério?!! O que você está fazendo aí, meu?!!! Você tem noção do que você fez?!! Era para você estar aqui em Forgotten Hollow! Daí era para você vir para o estúdio dos Vatore agora, cabeça!!! Agora o cara vai ter que arranjar outro guitarrista para tocar no seu lugar, Axl!!!...



- Mas eu vou chegar, Dave,... É que agora não dá... Eu estou com a...
- Não quero saber, velho! Você sempre tem uma desculpa! Na moral!... – Dave disse, irritado com o primo.



- Desculpa, Dave...
- Vou desligar, véi. Depois a gente conversa. – E desligou.



- Mas o que eu fiz dessa vez?... – Axl se perguntou, confuso. – Eu só estou ajudando a Elle a ajudar os caras...



Então ele entrou bem cabisbaixo na casa.



Sentou-se ao lado de Cabello.
- Aêeee! Esse jogo é demais! Quer jogar, Axl?
- Nah, cara,... Meu primo tá virado na desgrama com a minha cara...
- Tá o quê? – Cabello não entendeu.
- Muito pirado comigo, mei...
- “Mei”?...
- É... “Man”, “cara”, “brother”, “velho”, “véi”, “brou”,...
- Já entendi, Axl. Já entendi. Mas me diz: por que ele tá pirado contigo?
- Acho que porque não estou lá e estou aqui. Mas eu preciso estar aqui, saca?
- Saquei, man. Saquei. Mas passa. Quer jogar?...
- Nah, cara,... Meu primo tá virado na desgrama com a minha cara...



E, enquanto Cabello jogava e Axl observava o jogo, Batata, Simon e Elle também definiam algumas coisas ali perto.
- E nós dois vamos poder ficar nessa casa até quando?... – Batata perguntou.



- É uma boa pergunta. – Elle disse. – No entanto, a pergunta deveria ser: quanto essa brincadeirinha de ser boazinha está me custando até agora? Quero ter uma ideia, Simon.
- Olha, eu e o Cabello vamos pagar cada moe... – Batata começou a falar, mas Elle o interrompeu:
- Cala a boca, garoto! Tá viajando?! Nem trabalhando três vidas você vai conseguir pagar o que estou gastando com vocês, ok? – E depois voltou-se novamente para o advogado: – Agora me responde, Simon!



- Deixe-me ver... – Simon puxou o tablet. – As leis aqui no Quarto Império são muito claras e rígidas. Eles só puderam sair porque seus crimes não são os Graves nem os que ensejam a Pena Capital. Quem rouba precisa pagar o triplo do que foi roubado à vítima. Caso não faça isso, trabalha na prisão, além de estudar, para pagar a indenização às vítimas e para pagar a estadia no sistema prisional. Ainda há as acusações de ameaças com uso de violência física,... Nós pagamos tudo que eles deviam e estamos negociando um valor com algumas vítimas para que retirem as queixas... Ah, e como você me pediu para comprar uma casa simples para eles, no caso, essa casa, nossos gastos ficam em torno de quase... Meio milhão de Simoleons. Os roubos deles não foram poucos!...



- Espera!... – Batata ficou extremamente sem graça. – Vocês compraram essa casa para nós dois?...
- Estou cuidando disso. – Simon confirmou. – Fiz uma pesquisa rápida e nós vimos que vocês não têm onde morar. Mas isso está resolvido. Esta residência será colocada no nome dos dois. E você e “Cabello” são primos? – Ele perguntou.
- Somos amigos. Fomos criados juntos, então somos como irmãos, como primos, essas coisas.
- Ok. – Então Simon o olhou e continuou falando: - Também entrei em contato com a Assistência Social do Quarto Império. Eles pagarão 300 Simoleons por semana para cada um, por no máximo um ano e até encontrarem um trabalho. Mas também vamos ajudá-los nisso. Estou atrás de um trabalho como segurança para você e seu primo. E se esse não der certo, iremos atrás de outra coisa. De qualquer forma, vocês agora têm um jardim cheio de frutas que podem vender. Já é algo concreto.
- Com certeza! – Batata estava impressionado com tudo aquilo. – E eu realmente agradeço, mas ainda tenho uma pergunta: por que estão fazendo tudo isso?... – Ele ainda estava sem entender. Não podia acreditar que alguém os estivesse ajudando sem querer algo em troca; e, na verdade, ele estava correto.



- Explica, Simon. – Elle pediu em tom de ordem.
- Devido a escândalos recentes envolvendo o comportamento extravagante e explosivo de minha cliente Elle DeVampiro, precisamos de propaganda positiva que a mostre como uma cidadã preocupada com o futuro das pessoas, disposta a fazer o bem, altruísta, generosa e...
- Ok... Entendi... Essa história de que ela está nos ajudando vai vazar e só precisamos atender os repórteres e contar tudo que ela está fazendo por nós, certo?... – Batata perguntou.
- Exatamente. – Simon confirmou.



- E não havia meios mais baratos de limpar a imagem dela não? – Batata questionou.
- Eu não planejo meus passos. – Elle disse. – Resolvi ajudá-los graças àquele garoto amigo de vocês, o Axl. Ele ficou realmente decepcionado ao saber o que vocês faziam e que tinham sido presos. Então, algo nele me fez querer fazer algo por vocês; talvez foram aqueles olhos tristes, ou aquela cara de guri que precisa de colo, sei lá. Não sei explicar, mas agradeça a ele e ao fato d’eu ter Simoleons demais e não saber o que fazer com tanta riqueza.



- Escuta, Dona Elle,... – Batata levantou e foi até ela, pegando suas mãos: - Eu nunca, nunca, nunca vou ter palavras suficientes para agradecer tudo que está fazendo por mim e pelo Cabello. E eu prometo honrar essa oportunidade que nos deu.
- Querido, não se engane. Isso para mim são negócios.



- Mesmo assim. – Ele insistiu. – Muito obrigado mesmo, Dona Elle.
- Pode me chamar apenas de Elle, Batatinha.



- Bem, eu preciso ir agora. – Simon levantou. – Estarei em contato com vocês todos os dias, Batata. E, qualquer coisa, você tem meu número. Tchau, Elle. Breve lhe ligo para atualizá-la sobre o caso deles.
- Ok, querido. Tchauzinho. – Elle respondeu sem tirar os olhos de Batata.



E enquanto Elle e Batata conversavam, Simon ia embora e Cabello jogava, Axl continuava se perguntando o que ele tinha feito de errado.



No entanto, suas divagações não duraram muito, pois logo a pizza que pediram (de pepperoni, claro), chegou.



- Caramba, brother. Nem minha pizza preferida está me animando... – Axl disse para Cabello.



- Relaxa, garoto. Teu primo não vai te matar. – Cabello disse.
Então pegou dois pedaços de pizza e sentou-se ao lado do vocalista da Nordic.



- Mas ele tá pirado comigo... E ele e a Gi iam curtir estar aqui com a gente...
- Sei não. Teu primo parece ser do tipo certinho demais. E aqui só tem gente errada! – Cabello riu.
- Que errada, man! Vocês agora estão fora do mundo do crime, certo?
- Claro, Axl, claro. – Pelo menos em relação a si mesmo, Cabello mentiu.
- E cadê a Elle e o Batata, hein?
- Ela foi mostrar a casa pra ele, man.
- Ah, tá. Beleza.



Enquanto isso,...
- Caramba, Elle! Você é louquinha! – Ele riu.



- Cala a boca, Batatinha! Aproveita enquanto pode, porque sou muita areia pro teu caminhãozinho, querido! – E ela agarrou o encantado Batata.





Na Ilha dos Penhascos, em Windenburg.
Mais tarde, naquele mesmo dia.



Depois que saíram da casa de Cabello e Batata, Elle fretou um helicóptero e ela e Axl foram deixados na ilha. O piloto iria buscá-los quando ela ligasse, ou, caso os dois ficassem sem sinal, às 5h da manhã.



Então eles caminharam para um ponto determinado do local, após Axl emprestar o agasalho para ela, pois estava muito frio. E quando chegaram ao lugar exato, ela mostrou onde sua gatinha Alfafa tinha sido enterrada.
- Aí embaixo dessa pedrinha pequena, perto desse aviso... Ela amava ficar aqui nessa ilha comigo... – Elle disse, triste. – E meu coração está tão apertado...
- Eu sinto muito, Elle,... – Axl disse.



- Eu só queria conseguir parar um pouco e chorar, sabe? Mas eu não consigo! É tanta coisa na minha cabeça!... E eu só queria sumir um pouco!... Desaparecer! – Ela disse, olhando para cima, angustiada.



- Escuta, por que você não tenta esquecer um pouco tudo que te preocupa?... – Ele perguntou.
- Porque não é simples assim!  - “Apesar d’eu ter me divertido um pouco com o Batata!...”, ela pensou. – Sabia que eu preciso gravar meu vocal na última canção do álbum da minha banda para não quebrar o contrato com a gravadora? Porque todos nossos compromissos dependem disso. Mas não me sinto inspirada!... Como vou cantar desse jeito?...
- Eu entendo...
- Como você poderia entender?...
- Porque eu também sou um cantor. E eu sei exatamente do que você precisa!
- Vem aqui. – Ele disse, indo com ela na direção da fogueira ali perto.






- Não vamos sentar perto da fogueira e cantar, né?... Não tenho vontade de cantar desde que a Alfafa se foi... – Ela disse.
- Quem vai cantar sou eu! Mas você tem que dançar! A Alfafa iria querer te ver bem, Elle. – Ele sorriu.
- Então começa, vai! – Ela disse.
E ele começou a cantar sua própria versão (letra) da música.


Música de Cena: Nirvana – About a Girl (Sobre uma Garota)



- ♫ You need an easy friend! You dooooo... With an ear to lend! You dooooo... You think I fit this shoe! I dooooo... And I have a clue! ♫ 2

2 Tradução: “Você precisa de um simples amigo! Preciiiiisa... Com um ouvido para emprestar! Preciiiiiiisa... Você acha que sou perfeito para isso! Eu souuuuu... E eu sei o porquê!”.




- ♫ You'll take advantage while you hang me out to dry, but I can't see you every night!... Meeeeeeee! You doooooo!♫ 3

3 Tradução: “Você vai se aproveitar enquanto me usa emocionalmente, mas não posso te ver todas as noites!... Euuuuuuuuu! Você poooode!”.



- ♫ You’re standing in my line! You doooo... You hope I have the time! You dooooo... Don’t pick the number too! Don’t doooo... Can’t keep a date with you!♫ 4

4 Tradução: “Você está esperando na minha fila! Estáaaaaa... Você espera que eu tenha tempo! Espeeeeeera... Não pegue a senha! Não pegue!... Não posso sair com você!”.




E os dois cantaram juntos: - ♫ You'll take advantage while you hang me out to dry, but I can't see you every night!... Meeeeeeee! You doooooo!... You doooo!... You dooooo!... You dooooo!... You doooooo... ♫ 5

5 Tradução: “Você vai se aproveitar enquanto me usa emocionalmente, mas não posso te ver todas as noites!... Euuuuuuuuu! Você poooode! Você pooode!... Você pooode!... Você pooode!... Você pooode!...”.



E então, ao final da canção, Elle virou-se para Axl, emocionada. Ficou alguns segundos apenas olhando-o, sem dizer nada.


E então ela se jogou nos braços dele, sussurrando: - Axl, você me fez querer cantar!...












Obrigada, amigo Simmer, por acompanhar minha história!
Tenha uma ótima semana! :)



CRÉDITOS:

SIMS:
Baixados da Galeria e, alguns, modificados.


LOCAIS:
Magnolia Promenade:
1 – Unidade Policial: White Chapel Police, by jadeiam (lote genérico); a versão residencial (usada em minha história), encontra-se em isarpgista, como Magnolia Police;
2 – Shopping center IguateSim: Рейд Shopping, by viola1968;
3 – Dogão: Hot Dog, by penappleYT; a versão usada em minha história encontra-se em isarpgista, como Dogão Stand;
4 – Maison (loja de roupas de marca): Fancy Fabrics, by scrapbooksims;
Residência de Cabello e Batata: by isarpgista;



Obrigada a todos criadores!
Thank you to all creators!


20 comentários:

  1. Que fofinhas a Elenor e a Nelly <3
    Axl é uma piada, sempre rio com ele, a de hoje foi: " Meu primo tá virado na desgrama com a minha cara" AHUHAUAHAUHUAUHAUHAUHA SOCORRO!!!!!
    A Elle é bem safadinha em!!! uahahuahaha E que bom que ela finalmente conseguiu soltar a voz! ;D <3
    Ansiosa para o próximo capítulo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deeeeeeeni!!! :D Linda a amizade das duas, né? Também amei muito!!! E super te agradeço por ter cedido Nelly para fazer essa participação super especial! Muito obrigada mesmo! :D
      Ah, e o Axl, né? É meu bebê esse maluquinho! Rs...
      E a Elle é um espírito livre! :)
      E breve tem capítulo 10 saindo!!!
      Beijocas e obrigada pelo comment, lindona!!! :D S2

      Excluir
  2. Amei ver Nelly e uma de minhas heroínas (ela não é aprimeira, cê sabe!).

    "- Acho que duas vezes, mas na última vez foi porque íamos assaltar o lugar e os seguranças perceberam." Ri pacas!!!

    E eu pensando que meu gosto era duvidoso para escolher roupas. Após ver Batata e Cabello escolhendo looks, vejo que sou entendida na área, mas eles são nota 0)

    Espero que Cabello logo encontre uma Escova ou um Pente, para tomar jeito na vida. :(

    "- Mesmo assim. – Ele insistiu. – Muito obrigado mesmo, Dona Elle.
    - Pode me chamar apenas de Elle, Batatinha."
    Noffa!! eu nem ibaginaba o que biria a seguir! Tô chocada! SQN. Ri muito já com isso!

    Axl deve ter caído de cabeça quando era recém-nascido. Só pode!
    Não sabia o motivo do primo estar p* da vida? Bateu a cabeça!

    Parabéns, Sally. Amei a história!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Déaaaaaaa! :D

      1) Sei sim, lindona! :D
      2) Huhauhuahuahuahua... Ainda bem que os seguranças notaram logo! Rs...
      3) Nossa, cara, apenas deixei o guarda-roupas livre! Rs... Eu mandava eles experimentarem os trajes e ia batendo as fotos. Não montei o look deles! E concordo contigo que eles precisam de ajuda com o estilo. Kkkkkkk...
      4) Será que Cabello encontra? O bicho é torto, viu! Rs...
      5) Huhauhuahuhahuaau... Elle não perde tempo! E quem não gosta de Batata? xD Rs...
      6) Axl não me parece muito certo também não! Kkkkkkkkk... E vai ver ele caiu mesmo, né? Porque nossinhora! Rs...

      E obrigada, Déaaaaaaaaa!!! Fico muito feliz que tenha amado!!! Beijocas, minha amiga linda! ;*** :) S2

      Excluir
  3. Quando vi a capa da história, pensei que fosse a Bella.

    ResponderExcluir
  4. Ele ajuda todos, menos a si mesmo. Será que uns cascudos fazem Axl pegar no tranco?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, Déa! Kkkkkkkkkk... Hmmm... É uma ideia! :P :D xD

      Excluir
  5. Ai que fofo gente! O Axl é tão humilde, meio cabeça oca, mas bem fofo. A Elle é engraçada! Gente... Ela pegou o batatinha! Tô passada!

    E será que rola romance com a Elenor e o Liam? Até que o Liam não pareceu tão ruim né.

    Ótimo capítulo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii, Jess!!! O Axl é um fofo mesmo, né? :) Ele é o meu bebê! S2 E a Elle não perde tempo, né? xD Pegou o Batata mesmo! Rs...
      E sobre o Liam e a Elenor, não posso falar nada! Sem spoilers! xD
      Obrigada pelo comment!!! :D Beijocas, Jess!!! :D

      Excluir
  6. Tomara que o Batata e o Cabello não se metam em mais encrencas!
    Ri demais com esse capítulo. Axl sendo Axl!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara mesmo que tenham aprendido dessa vez, né? Huhauhuahuhaua... Obrigada pelo comment, Leo!!! :D

      Excluir
  7. Ficou muito divertido os gifs do Cabello e Batata trocando de roupa, até roupa de palhaço teve. kkk


    Axl foi longe, Willow Creek? Saudades de quando morava nesse lote. Achei mt fofo a horta do lado da casa.


    "batatinha???" Genteeeeeee =O
    aDOREI Elle com o Batata. espero que eles fiquem juntos XD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiii, Nihaaaaaaaal!!! :D Eu amo fazer esses GIFs! xD :D Fico feliz que tenha gostado deles! :D
      Eu amo aquele lote tb! :) Eu só afastei um pouco a casa e criei a horta! Está disponível para download no final da história! :)
      Huhauhuahuhauhua... Tb adorei os dois juntos! Mas não sei se para Elle aquilo foi algo sério! Rs... Vamos ver no que vai dar! Rs... :D
      Obrigada pelo comment, Nihal!!! Beijocas!!! :D

      Excluir
  8. A nova residência do Cabello e do Batata é a mesma casa que foi a primeira em que a Lidia e a Simone moraram juntas! E volto a dizer: melhor gosto musical <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooowwnnn, obrigadaaaaaaaaaaa!!! \o/ :D \m/ E eu aaaaaamo essa residência! Batata e Cabello ainda estão lá. :D

      Excluir
  9. Oieee Sally ❤❤
    Comentando...
    1. É errado shippar Elenor com Liam??
    2. Sims do segundo império tem sotaque??? Que showww
    3. Esses caras não se tocam que as amigas querem conversar hehe
    4. Achei o Liam bem sincero com a Elenor, espero que ele não seja um sem vergonha com ela :)
    5. Que fofas as amigas Nelly e Elenor. Parecem super amigas e se despendindo que amor. Adorei ela indo embora pelo barco (que chique) :D
    6. "Eu já vim aqui com a minha namorada. Mas fiquei sentado de castigo esperando ela comprar metade das roupas da loja. Mas o que está me deixando feliz agora é o ar-condicionado! – Axl riu." Ri muito disso. Axl de castigo mas feliz pelo ar, esperto hehe
    7. Adorei o gif do Cabello trocando de roupas :D
    8. "- Também não sei se tu merece, man, nem se eu mereço, nem se a lojista merece, nem o que cada Sim merece, mas cá estamos. Então vai lá, cara! Aproveite a oportunidade e cai dentro. – Axl sorriu." Hahahahha Axl é engraçado e fofo hahaha. Mas tá certinho! Aproveita os presentes :D
    9. A Elle parece ser do bem, louquinha também. Gostei dela. Além de ser linda!
    10. Nossa não sei como o Axl aguentou ficar de agasalho no calor. Ainda bem que ganhoi uma blusa nova :D
    11. Tadinho do Axl só quer ajudar a Elle e o Dave foi bem grosso. Bom ele não deixou o Axl explicar :/
    12. "- Acho que porque não estou lá e estou aqui. Mas eu preciso estar aqui, saca?" Kkkkkkkkkkk
    13. "...quanto essa brincadeirinha de ser boazinha está me custando até agora? Quero ter uma ideia, Simon." Nossa ela não é do bem?? Me enganei :o
    14. "- Devido a escândalos recentes envolvendo o comportamento extravagante e explosivo de minha cliente Elle DeVampiro, precisamos de propaganda positiva que a mostre como uma cidadã preocupada com o futuro das pessoas, disposta a fazer o bem, altruísta, generosa e..." Eitaaaaa. Por isso que ela tava sendo boazinha!! Que isso??? :o to chocada
    15. Nossa foi o Axl que amoleceu o coraçãozinho frio da Elle. Que fofo! Quem não iria se convencer com esse guri bonzinho, não é mesmo?
    16. Espero que os carinhas tenham mudado e não serem mais criminosos
    17. OPAAAAAAA O BATATA E A ELLE SE PEGANDO.!!! EITAAA
    18. Que fofa a Ellie chorando pela gatinha. Me deu uma tristeza.
    19. Que fofo o Axl cantando e eles se abraçando no final.

    Gostei muito desse capítulo! Parabéns!!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieeeeee, Mah!!! :D ❤❤
      Respondendo: :D

      1. Não há nada de errado nisso! :)
      2. Sim, sim! E o sotaque deles é lindo! :) S2
      3. Dois sem noção, né? xD :D
      4. Tomara que não seja! :)
      5. Muito legal ela indo de barco, né? :D E elas são sim muito amigas! Sou fã da Nelly! :D S2 Assim como sou fã de uma mocinha chamada Katy! :)
      6. Ele tenta sempre ver o lado positivo das coisas. xD :D
      7. Fiquei feliz que vc gostou, Mah! :D S2
      8. Axl é muito de boa, né? xD :D S2
      9. Também gosto muito da Elle! :D
      10. Verdade! Ele bem que poderia ter tirado! xD :D
      11. O Dave não tem muita paciência com o primo às vezes. xD
      12. “Ótima” explicação, né? :D
      13. Ela curte fingir que não é tão boazinha. :)
      14. Kkkkkkkkkkkkk... Ela não é perfeita! xD :D
      15. Ele é muito fofo! :)
      16. Com certeza! Tomara que tomem vergonha na cara.
      17. Huhauhauhuhauhau... Rolou uma química entre os dois! xD :D
      18. Ela sente muita falta da Alfafinha. =//
      19. Quem não ia achar a cena fofa é a Isabella. xD Mas eu achei fofo tb! :)

      Fico muito feliz que você gostou deste capítulo, Mah!!!
      Muito obrigada pelos comentários!!! Beijocas!!! :D S2

      Excluir
  10. YEEEEEY Cheguei pra comentar xD
    Primeiro de tudo amei a Nelly com a Eleanor, duas fofas 💙
    Liam não pareceu tão nariz em pé nesse capítulo, talvez ele não seja tão ruim quanto o amigo, Nick :)
    Curiosa pra saber se ele vai ligar mesmo ;)
    GENTEEE, eu amo a Elle! Uma diva!
    Axl é fofissimo, amei o "virado na desgrama" vou aderissem, ri horrores KkkK
    Nem o batata escapou dos charme da Elle, quase shippo hein xD
    Espero que ele é Cabelo saiam da vida do crime mesmo, esse negócio não compensa.
    Repito: Axl é muito fooooofo 💙 adoro esse guri, também amei a escolha da música pra ele cantar!Fiquei feliz que ele tenha conseguido ajudar a diva Elle! 💙💙
    Adorei o capítulo Sally! Você é muito criativa 😃

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiiieeee, Dama do Lagooo!!!
      Respondendo: :D

      1. Cara, também amo essas duas!!! :D
      2. Acho que ele tem os momentos bons e ruins dele; ou talvez ele esteja amadurecendo.
      3. Cenas dos próximos capítulos! xD :D
      4. Também sou fã! Uma das personagens mais lindas criadas pelo MaxisCreator_01!!! :D
      5. Ele é um amor, né? :D
      6. O Batata caiu de encantos pela cantora! :D
      7. Com certeza! Eles têm uma grande chance de sair dessa vida agora. :)
      8. O Axl é um cara que tem um coração bom! Fico feliz que tenha amado a música! Ele deu uma leve modificada na letra, mas ficou legal! :D O importante é que ele conseguiu fazer a Elle cantar novamente! :D

      E muito obrigaaaada pelos comments, Dama do Lagooooooo!!! :D
      Você também é muito criativa! S2
      Beijocas! :D

      Excluir