sexta-feira, 24 de maio de 2019

Axl Logan - 34 - O Elemento Estranho


Esta é a história de um Sim chamado Axl Logan.
Acompanhe aqui suas aventuras (e desventuras)!


Dica: para uma melhor visualização (zoom), segure Ctrl e aperte o sinal de + no seu teclado (aperte - para diminuir).






Axl Logan
Livro III
Desperto

Capítulo 34 – O Elemento Estranho


Resumo do capítulo passado:
Axl substitui um comediante na gravação de um vídeo publicitário e acaba por iniciar uma carreira na área da Atuação; o vocalista vai ao cinema e ao McSims com a noiva e os dois passam horas muito agradáveis; em casa, o Dwayne abre uma caixa enviada por sua mãe, há tempos, e praticamente se vê envolvido em uma espécie de “caça ao tesouro”.


Vizinhança Parque da Miragem.
Em Del Sol Valley.




Após ler a carta de sua finada mãe, Axl não demorou a decidir o que faria. No entanto, ainda precisava esperar sua avó chegar. Assim, com a cabeça cheia, resolveu passar o tempo tocando no estúdio. Aquilo acalmava sua mente e seu coração, que estava cheio de raiva e mágoa.



Ficou fazendo isso até Elena chegar.



Então ele colocou uma blusa, calçou seu tênis e foi pegar as coisas no carro dela; em seguida, ajudou sua avó a guardar tudo na geladeira e nos armários da cozinha. E ela notou que ele estava estranho, mas esperou que terminassem de organizar todas as coisas ali. Só depois perguntou o que havia de errado com ele. Foi quando o vocalista contou o que tinha acontecido e mostrou a carta, a caixa e a chave.



Depois que ela leu as palavras escritas por Kyra, também se sentiu enraivecida:
— Isso tudo é um absurdo! Deveríamos entregar este material todo à polícia e acabar com essa palhaçada!


— Vó,... Eu pensei nisso também, mas eu sinto que é responsabilidade minha desfazer tudo de errado que a Kyra fez, sabe? Tipo, limpar o nome de nossa família. Se há uma lista com o nome de todos que ela prejudicou, quero achar esse suposto “tesouro” e entregar tudo a essas pessoas. É o correto a ser feito.



— Axl, você está ouvindo o que você está falando?! E se isso for apenas uma forma da Kyra te envolver nas coisas erradas em que ela estava metida?
— Vó, a senhora sabe que eu jamais me envolveria nessas coisas, né?
— Você, não. Mas você pode, de repente, se ver no meio de um monte de coisas ruins contra sua própria vontade.



— Já estou nisso contra a vontade, vó. Tarde demais! E não posso jogar essa responsabilidade em outras pessoas. Inclusive, pensei muito antes de tomar a decisão de te deixar por dentro de tudo isso. Mas é que acho que pode ser menos perigoso se a senhora souber.
— Eu te daria uns tapas se descobrisse isso sozinha ou por outra pessoa que não você. Hunf!...



— Mas então, vó,... Vou te contar qualquer coisa que eu decida fazer sobre esse assunto, ok? Mas não quero que se meta diretamente, principalmente porque parece que o tal do Troy é perigoso mesmo.
— Será que foi ele que fez algo com minha netinha lá em Selvadorada?



— Se ele fez algo contra ela, ele pagará muito caro por isso! Mas eu vou descobrir! — Axl disse, com raiva só de imaginar essa possibilidade. — Mas já sei o que vou fazer: a caixa de Haesel deve estar na casa desse cara. Eu preciso dar um jeito de entrar lá e vasculhar.
— Você pirou, menino?!! Entrar na casa de um cara como esse? Isso é invasão de propriedade! Ele inclusive pode meter o Raio Sim em você por isso, sem problema legal algum, já que estará apenas protegendo o lar dele!



— Eu sei, vó. Mas não pretendo entrar na louca e nem pegar nada que pertença a ele. Eu só quero achar a caixa da minha irmã. Só isso. E também sei que os fins não justificam os meios. Mas estou assumindo que farei algo errado e, se houver problemas, arcarei com as consequências. Por isso, tentarei ser discreto. Entrarei disfarçado, quando ele não estiver por lá.
— Não concordo com nada disso, mas você é meu neto e irei ajudá-lo. Apesar de eu ter certeza de que essa caixa dela não nos levará à resposta do que aconteceu com ela. — Elena disse.
E os dois começaram a elaborar um plano.



Mais tarde, naquela noite, Axl saiu para fazer o teste para o novo trabalho. E, apesar da mente focada no que tinha planejado com sua avó, ele conseguiu o papel!








Três dias depois, em Willow Creek.
Bem cedo, pela manhã...



Axl e sua avó Elena conseguiram, não com muita facilidade, encontrar online o endereço de Troy Myers. Naqueles três dias, tinham organizado todo o plano de ação. Então, naquela manhã, Axl pegou seu carro e eles foram ao bairro onde se localizava a mansão dele, onde fizeram um rápido “reconhecimento de terreno” para ver onde ficariam. Em seguida, a idosa desceu na pracinha quase em frente a “casa-alvo”.




Ela estava disfarçada (com uma peruca ruiva e lentes de contato castanhas) e tratou de começar a grelhar algumas batatas, com recheio; apenas para que não ficasse estranho ficar ali sentada sem fazer nada. Ao mesmo tempo, discretamente, ficava de olho na mansão.



Dois capangas do ruivo cuidavam da entrada da residência e havia uma câmera gravando toda a movimentação também.



Já Axl estacionou o carro em uma esquina afastada e foi andando até o jardim público que ficava na parte detrás do casarão.



Ele estava usando uma peruca loira e lentes de contato verdes. Estava vestido como jardineiro e tratou de começar a cuidar das plantas ali (apesar de que a maioria delas não necessitava de assistência no inverno; detalhe importante que eles não levaram em consideração).



De onde estava, ele pôde observar facilmente que havia uma câmera cuidando da segurança da área dos fundos da casa.



E, assim, passaram praticamente todo aquele dia: apenas observando a movimentação na mansão.



Notaram que, além dos seguranças, uma funcionária que cuidava da limpeza chegou ao local. Mas não se demorou muito por lá; logo foi embora. Também não observaram movimentos extras dentro daquela residência. Tudo era muito quieto.



Vamos lá, Troy! Dê o ar de sua graça.”. Axl queria muito vê-lo saindo dali. Já tinha visto a cara do ruivo antes na internet. O sujeito tinha um Simstagram onde ostentava uma vida de magnata que não combinava muito com aquela casa antiga naquele bairro tranquilo.



Quando a tarde chegou, Elena já estava brincando com as crianças que se divertiam no parquinho, e, claro, conversando com os pais delas, fingindo estar cogitando comprar uma casa no bairro. E até uma barraquinha tinha sido montada, no local, por uma empresária; o que trouxe mais movimento ao lugar.
Já o vocalista precisou sair da área do jardim, pois finalmente percebeu que ficar ali, em um lugar onde não havia muitas plantas para serem cuidadas, poderia levantar suspeitas. Então, ele foi para uma área de churrasco próxima, atrás da sorveteria local.




Ficou sentado na mesinha de piqueniques, de olho na área detrás da casa. Se alguém entrasse ou saísse por ali, ele veria. Seriam longas horas de vigia, mas eles estavam dispostos a esperar pelo momento certo, que, para sorte dos dois, viria naquele mesmo dia!




 Mais tarde,...



Como fazia praticamente todas as noites, Troy se arrumou e saiu com seus capangas.



Ele tinha muitas coisas para resolver, já que era o chefe da máfia local, chamada de “Irmandade”; e várias dessas atividades exigiam que o ruivo resolvesse questões pessoalmente, para que mantivesse seus “trabalhadores” na linha.



Depois do trabalho, ele se encontraria com amigos e curtiria algumas baladas, como sempre.



E assim que Elena viu os dois carros saindo da casa, ela mandou um sms para o neto: “Forno vazio. Torta pronta!”.



Aquela era a mensagem para que o vocalista entendesse que poderia agir. Ele então respondeu: “Ok!”.



Observou que não havia Sims andando pela vizinhança naquele local, naquele momento, e seguiu para trás de um pinheiro, onde pôde trocar de roupa.





Vestido de “Yeti, o Abominável Monstro das Neves”, ele seguiu à Mansão Myers. E sim, havia uma razão importante para a escolha daquela roupa.







Pulou o muro e entrou no quintal, tentando, durante sua ação, evitar ser gravado pela câmera; o que não conseguiu. E o que isso queria dizer? Que alguém já sabia de sua presença ali.




Mais cedo, naquele mesmo dia.
Na Ilha dos Penhascos, em Windenburg.




Quatro capangas se revezavam para ficar de olho em Haesel, que eles conheciam apenas como “Ticiana”, já que Troy não lhes passou a informação sobre quem era aquela garota, claro. E eles, acostumados apenas a obedecer, não faziam perguntas; não queriam problemas.
De dia, os irmãos Bob e Oliver ficavam ali. À noite, eram substituídos por Jasper e Carter. E sempre um de cada par ficava responsável por vigiar tanto as câmeras de seguranças daquela residência quanto as da Mansão Myers.



Mas isso nem sempre acontecia como tinha que ser, já que, pela questionável certeza de que dificilmente alguém tentaria entrar na moradia de um sujeito perigoso como Troy, muitas vezes Oliver passava seu tempo mais batendo papo com suas ficantes no Messenger do que fazendo seu trabalho.



Mesmo porque o rapaz nem imaginava que Haesel tinha conseguido a senha para acessar e monitorar as câmeras também. E ela passava muito de seu tempo de olho em quem entrava e saía da casa, gravando todas as vezes que gente perigosa, criminosa ou suspeita visitava o ruivo. Ela continuava seu trabalho incansável de juntar evidências.



E foi fazendo isso que, naquele dia, a garota percebeu algo estranho: “Esse jardineiro está há muito tempo enrolando por ali. Será algum policial disfarçado observando a casa do Troy?”, ela se perguntou, esperançosa, aproximando a câmera, que era muuuuuuuuito boa!



O rapaz, nas imagens, comia uma pêra.
Espera! Eu conheço esse cara de algum lugar...”, ela pensou, olhando bem o rosto dele e tentando identificá-lo.



Ai, meu Deus, é o Axl!!!”, ela pensou, alarmada, assim que o reconheceu! “O que ele está fazendo aí?!! Se Oliver vê-lo nesse jardim, vai achar estranho também e é capaz de ligar e avisar o Troy! Eles vão pegar essa gravação e pode ser que o reconheçam! Preciso fazer algo!”.
A garota, que tinha um software que lhe dava acesso ao feed das câmeras de segurança do Myers, conseguiu fazer com que as imagens gravadas, naquele dia, fossem enviadas apenas para seu computador, enquanto essa mesma máquina dela enviava a outros dois PCs (o de Oliver e um segundo) a gravação de dois dias atrás, quando também nevou em Willow Creek, como se fosse o que estava sendo gravado naquele momento. Assim, as câmeras ficaram praticamente inúteis, mostrando imagens que não correspondiam à realidade do dia.



Em seguida, ela achou que seria melhor ficar de olho no capanga, porque se ele descobrisse que alguém estava dentro do sistema de segurança da Organização, ele usaria toda sua estrutura criminosa e a colocaria no encalço do intruso; e, assim, havia uma grande chance de eles chegarem até ela, apesar da garota ter feito tudo da melhor forma possível para que seu computador dificilmente fosse rastreado. E, se isso acontecesse, Haesel teria mesmo sérios problemas!
Preocupada, ela foi para a sala, carregando consigo seu tablet, através do qual ela poderia ver as imagens reais das câmeras e ficar de olho em seu irmão.



— Com fome, Ticiana? — Bob perguntou, assistindo o canal de esportes.
— Não muita... — Ela respondeu.
— Eles vão já passar as Olimpíadas de Inverno. Quer assistir? Senta aí. — Ele disse, de boa, mas tentando não parecer amigável demais, enquanto seu irmão estava focado no computador.



— É... Acho que vou assistir, sim. Obrigada. — Ela disse, sentando-se de frente a Oliver de forma que ficasse de olho no que ele fazia. O sujeito continuava batendo papo com algumas garotas.



— Assim que terminar o programa aí, vou pedir um rango para nós três, beleza? Abriram um restaurante aqui do lado e ouvi dizer que é muito bom. — Bob falou.
— Beleza. — Ela respondeu da mesma forma que fazia sempre: com desânimo, vendendo ainda a história de que era uma garota em depressão.



E assim ela ficou o tempo todo: de olho em Oliver e também na movimentação de seu irmão no quintal da mansão do ruivo.



Só respirou aliviada quando percebeu que Axl tinha finalmente saído de lá e estava fora do alcance da câmera de segurança.




Noite do mesmo dia.
Windenburg.



O tempo estava nublado e, logo, mais neve cairia.



E era a hora da troca de turnos entre os capangas de Troy.



— Oliver, Bob, este é Walker. — Jasper apresentou o loiro ao lado dele. — Como o Puxa-Briga nos avisou, é esse carinha aqui que está assumindo a partir de hoje no lugar do Carter.



— E aí! — O novato Walker os cumprimentou com um meneio de cabeça; ele também passou a impressão de que não estava muito à vontade com aquela roupa que usava. — É assim mesmo que trabalhamos por aqui? Engomadinhos? — Perguntou, de boa.
Os irmãos Bob e Oliver riram.



— Subimos na vida, mermão. — Oliver disse. — Não é todo mundo que vira capanga engravatado!
— E para se manter no vidão, é só não fazer besteira, senão, vai acabar como o Carter. — Bob, o do cabelo onduladinho para cima, falou, mais sério.
— De boa. Fui informado sobre os procedimentos. — Walker falou, de forma amigável. — Só não sei ainda o que protegemos aqui.



— Mas isso eu já te conto. — Jasper disse. — Vamos entrar. E boa noite, caras. Nós nos vemos amanhã às 10h.
— Beleza. — Oliver falou. — Bom trabalho aí.
Os irmãos saíram (um barco - o mesmo que trouxe Jasper e Walker - os esperava para levá-los para fora da ilha); e os outros dois entraram na casa.



— Bem-vindo ao “Castelo da Princesa Triste”. — Jasper brincou. E diante da cara de “não entendi!” do rapaz, explicou: — Nosso trabalho é manter segura uma garota na casa. O nome dela é Ticiana. Ninguém pode saber da presença dela aqui e ela não pode sair desta residência, entendido? Ordens diretas de nosso chefe Myers, que de vez em quando passa aqui para vê-la.
— Entendido. Mas ela está aqui por vontade própria ou a estamos mantendo em cárcere privado? — Ele perguntou, se aproximando do aquário cheio de peixes e olhando-o.



— Ela nunca tentou fugir. E preferimos não perguntar nada à garota, claro. Trate-a bem, mas não crie vínculos. Ainda mais com alguém que é do interesse direto do chefe.
— Sem problemas. — Ele respondeu, de boa.
— TICIANA! — Jasper gritou.



E Haesel saiu do quarto, “deprimida” como sempre.



— Só uma perguntinha: o que houve com o Carter? — Walker perguntou baixinho para ele.
— Troy achou que ele estava ficando muito “amigo” dessa menina e mandou “substituí-lo”, se é que você me entende. E é por isso que você está aqui hoje.
— Ah, tá. Entendi.




— Ticiana, este é o Walker. Ele estará conosco a partir de hoje. — Jasper disse.
— Hmmm... Posso saber por quê? — Ela indagou, com um tom de voz que era uma tentativa de fazê-los sentir que ela não estava realmente interessada na resposta, que só tinha “perguntado por perguntar”.
— Porque o Sr. Myers deseja que nenhuma amizade seja construída entre a senhorita e aqueles que cuidam de sua segurança. — Ele disse, deixando as coisas bem claras.



— Entendi. — Ela suspirou. Tinha ficado mesmo triste ao ouvir aquilo, pois Carter tinha começado a se tornar um esboço de amigo naquela casa fria.
E um silêncio pesado pairou sobre eles.
— Se não se importarem, ficarei aqui na sala vendo TV e jogando no tablet, tudo bem? — Ela perguntou, mas já sabendo que a resposta seria positiva.
— A casa é sua, senhorita. Fique à vontade. — Jasper disse.



— Ok... E agora? — Walker perguntou, assim que ela se afastou dos dois.
— Agora eu cuidarei das câmeras de segurança daqui e da casa em Willow Creek. Amanhã você faz isso no meu lugar.
— E por que não faço isso hoje?
— Porque assim que eu der uma olhadinha rápida apenas para confirmar se tudo está tranquilo, quero jogar online um pouco.
— Hmmm... É sempre assim? Não é arriscado não ficar de olho o tempo todo?
— Você já tem bastante tempo trabalhando com o Myers para saber que ninguém seria louco de entrar em território dele. Agora, acenda a lareira, assista um pouco de TV e fique de boa esta noite. Você já vai se acostumando com a cara triste da guria e com a paisagem ao redor.
— Beleza. — Ele então foi fazer o que lhe foi solicitado.



E Jasper foi olhar as gravações do dia (quer dizer: ele acreditava que eram as do dia, mas, na verdade, estava vendo os vídeos de dois dias atrás, que Haesel tinha colocado para aquele PC e outro receberem).



Porque a verdade é que, naquele exato momento, quem realmente estava vendo o que acontecia no quintal da Mansão Myers era Haesel. E ela viu quando um “Yeti” pulou o muro, indo na direção da casa!



Geeeeeeente do Grande Prisma!!! Será que... será que é o meu irmão?!! Porque faz todo sentido! Ele estava disfarçado vigiando a casa mais cedo e, agora, essa pessoa fantasiada pula o muro?!”, o coração dela acelerou; ela estava nervosa com a situação, mas tentando não demonstrar. Olhou para Jasper e percebeu que sua ação de mais cedo ainda estava funcionando perfeitamente: ele não estava vendo, pelas câmeras de segurança, a mesma cena que ela!



— Ticiana, você já jantou? — Walker perguntou.
— Já. Mas se quiser comer algo, pode pegar na geladeira. — Ela disse.



— Eu já comi também. Obrigado. — Ele sorriu.
Então ela o olhou melhor. Teve a impressão de que já o tinha visto antes:
— Eu te conheço de algum lugar? — Ela perguntou, muito baixinho.
— Acredito que não. Talvez você esteja me achando parecido com o Nick Refaeli?
— Nossa! É mesmo! — E ela quase sorriu ao perceber isso. Ainda era muito fã do Nickollas. — É... Acho que é isso.
— E tenho até uma foto com ele, do ano passado! Olha! — Ele sorriu, pegou o celular, procurou a imagem e a mostrou à garota. — Também consegui um autógrafo dele nesse dia.




— Nossa, que legal! Vocês são bem parecidos mesmo, hein! Mas seu queixo e mandíbula são mais finos, você tem queixo com covinha, seu nariz é menos afilado e você tem sardas. Os olhos também são um pouco diferentes, apesar de também serem azuis como os dele. Mas vocês poderiam se passar por irmãos facilmente. — Ela disse, observando-o, de boa.
— Sou mais bonito? — Ele riu. Então, imediatamente se tocou que aquela não era uma brincadeira aceitável. — Desculpe. — Ele disse, sem graça.
— Tudo bem. Despreocupa. Não vou contar para o Jasper. E agora vou nessa. Vou jogar The Humans 4 no meu PC. Fica à vontade.



Ela então pegou seu tablet, se levantou e foi para seu quarto:
— Boa noite para vocês.
— Boa noite, senhorita. Durma bem.
— Boa noite. — Walker disse.
E quando Haesel fechou a porta, Jasper falou para o colega:



— Uma dica, Walker: sem conversas com a garota. Não me obrigue a dizer que é melhor o Puxa-Briga te colocar em outro trabalho. Ainda mais quando é sua primeira noite aqui!
— Calma lá, Jasper! Só perguntei se ela estava com fome. Ela disse que eu era familiar e mostrei uma foto minha com o Nick Refaeli. Todos dizem que eu sou parecido com ele! Daí paramos de nos falar e ela falou que ia ficar no PC dela. Só isso. Eu também não quero problema com o Myers. Não quero nem pensar na hipótese de ele achar que estou de gracinha para o lado da guria. Fora que é bem mais nova! Tá louco? Além disso, eu tenho mulher, cara. Fica tranquilo, parça. — Ele se explicou.
— Beleza. Eu tô ligado. Mas é que depois do que aconteceu com o Carter, todo cuidado aqui é pouco.
— Eu sei, eu sei. Fica sossegado. Também tô ligado.
Jasper então voltou ao trabalho.



E “Walker” mandou uma mensagem para seu verdadeiro chefe: “Estou em uma casa na Ilha dos Penhascos, em Windenburg. Achei que Puxa-Briga me colocaria para proteger uma área com drogas, armas ilegais, coisas desse tipo, mas, para minha surpresa, estou responsável pela segurança de uma garota, de nome Ticiana, que parece ser muito importante para o alvo. Só não sei ainda os porquês de ela estar aqui e qual o relacionamento dele com ela.”.
A resposta não demorou: “Tente descobrir tudo sobre essa moça e me envie as informações o mais breve possível.”.



Enquanto isso, lá dentro, em seu quarto, Haesel continuava de olho nas câmeras. Só ficaria tranquila novamente quando visse o “Yeti” deixando a Mansão Myers.




De volta à Willow Creek,...
Poucos minutos antes.




Axl se aproximou e olhou o lugar por dentro, através do vidro, certificando-se de que realmente não havia ninguém lá. Então pegou um grampo de cabelo, que sua avó tinha lhe dado mais cedo e, seguindo o que ela tinha lhe ensinado, ele conseguiu abrir a porta.




E apesar do silêncio reinar no ambiente, ele fez questão de dar uma olhadinha ao redor. No fundo, queria apenas ver o local onde sua mãe e irmã viveram por anos.




Quantas vezes será que elas se sentaram nesta sala juntas, se divertiram, assistiram programas juntas?... Quantas vezes?”, ele se perguntou, com o coração um pouco apertado e até se sentindo meio rejeitado por Kyra nunca tê-lo procurado.



Mas então seus olhos encontraram os porta-retratos sobre a lareira. E o vocalista mal pôde controlar sua emoção ao ver fotos das duas! Os olhos marejados e que não poderiam ser enxugados por causa daquela máscara enorme. Mas pegou sua câmera e tirou fotos daquelas imagens. Simplesmente porque ele não queria, jamais, se esquecer do rosto delas.

  






E, por alguns minutos, foi difícil ele sair dali, por conta de toda emoção que o tomou. Mas, então, respirou fundo, colocando a cabeça no lugar, e seguiu para o primeiro andar da casa. “Vamos lá, Axl!”, ele pensava, dizendo a si mesmo. “Foca na tua missão!”.



E foi em direção à primeira das três suítes que havia ali, sem imaginar como ficaria chocado com o que logo veria.











Obrigada, amigo Simmer, por acompanhar minha história!
Deixe seu comentário abaixo! S2
Tenha um ótimo dia! :)



CRÉDITOS:

SIMS:
- Baixados da Galeria e, alguns, modificados.



LOCAIS:
- Vizinhança Parque da Miragem, em Del Sol Valley:
Casa dos Dwaynes: Del Sol “Starter”, by laurenmr24; minha versão não está disponível.
Casa de Venessa: by isarpgista;
Lote Círculo Interno (renovado): by isarpgista.

- Vizinhança de Willow Creek (onde mora a família Caixão):
Residência dos Myers (Umbrage Manor): by isarpgista;
Mansão da Família Caixão (renovada): by isarpgista;
Sorveteria (V2; ao lado da Mansão Myers): lote modificado por isarpgista (original: "The scoop, Cream & Cake", by laurenalycev).

- Casa de Praia na Ilha: “Modern Beach House”, by Dranora; minha versão, que modifiquei um pouco, encontra-se aqui;



OUTROS:
- Cabelos usados por Haesel:
Amora Hair, by Simandy (na imagem que inicia o capítulo atual);
Meghan Hair, by Renorasims;
Daisy Hair (na foto).
- Cabelo usado por Melissa (na foto):



Obrigada a todos criadores!
Thank you to all creators!



6 comentários:

  1. Capítulo novoooooo

    1. Gostei que Axl não fez nada sozinho e contou para sua vó
    2. Ela também ficou furiosa e com razão
    3. Espero que nada de ruim aconteça com o Axl, pois ele vai se meter em algo tremendamente perigoso e por causa da sem noção da mãe dele
    4. Amando que Axl está conseguindo se dar bem na nova carreira!
    5. Aí aí esse plano entre eles!! Tomara que dê certo
    6. Vishhh jardineiro no inverno!! Esperando que nada de ruim ocorra
    7. Preciso comentar: AXL TA UM GATOOOOOOOOO LOIROOOOO
    8. Cara estranho, sai com capangas e sai a noite. Eu ainda suspeito que ele seja um vampiro! Hihi
    9. Aiii eu não entendi pq ele se vestiu de yeti e só podem ser os vigias que o viram. Aiii meu Deus!!!
    10. Ufaaa foi a Haesel que viu!!! E que bom que ela é inteligente e fez tudo para ajudar o irmão S2
    11. Eu tô louca para que eles fiquem juntos logoooooo
    12. Os dois disfarçados de loiros kkkkk. Muita coincidência.
    13. Esse Bob parece de boa. Tomara que ele sirva para alguma coisa e ajuda ela
    14. Eita! O Carter morreu por ser amigo dela???
    15. Walker parece ser legal
    16. Parece com o Nick mesmo!
    17. Humm tô shippando aqui kkkkk
    18. The sims humans 4 kkkk amei
    19. Ahh não posso mais shippar pq ele é casado!
    20. Eita será que ele é um detetive disfarçado?
    21. Axl entrando na mansão me lembrou os filmes/jogos de resident evil. Meio sombrio
    22. O que será que ele vai ver? Curiosaaaa


    Ameiiii esse capítulo. Capítulo excelente!!!!
    Aguardando continuação. Beijocas, Sally S2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Weeeeeeeeeee!!! \o/
      Respondendo: :D

      1. Foi super correto ele fazer isso, né? E eu não esperava menos dele! :)
      2. Sim, sim! Ficou indignada! Kyra era uma louca!
      3. Vamos torcer para que tudo dê certo! :) S2
      4. E ele está amandooooooo!!! :D
      5. Tomaraaaaaaaaa! É um plano bem arriscado!
      6. Né? Bem suspeito mesmo!
      7. Huhauhuahuhau... Ficou lindo, né? :D Ele combina muito com esse estilo loirinho surfistinha! :D
      8. Em um mundo onde os Sims carregam uma mochila interdimensional (já que tiram as coisas do nada!) e onde o Papai Noel visita todas as famílias do Império, capaz de ele ser! Aaaamo histórias com vampiros! :D
      9. No próximo capítulo isso será explicado! :D E acho que você vai achar massa! :D
      10. A garota é bem espertinha! :) S2
      11. Eu tambéeeeeeeeem!!! :D
      12. Né? xD :D
      13. Será que Bob se voltaria contra Troy? Eles têm muito medo dele.
      14. Hum, hum! O Troy é um psicopata ciumento e perigoso.
      15. Tomara que seja! :) Ela precisa de alguém legal no caminho dela agora.
      16. Né? xD :D
      17. Aiin, que massaaaaaaaaaa! Mas até que os dois ficariam bonitinhos juntos! :)
      18. Kkkkkkkkkkkkkkk... xD
      19. Será que é mesmo?
      20. Não posso dizer! xD Mas ele com certeza está infiltrado ali! :)
      21. É meio assustador mesmo!
      22. Farei o máximo para postar nesta sexta, dia 31! :) S2

      Ooowwwnnnn!!! Muito feliz que você amou o capítulo, Mah! :D
      Ameiii teus comentários! Muito obrigadaaaaaa e beijocas, sua linda!!! S2

      Excluir
  2. 1 - Eu entendo a Elena ficar preocupada, ela não quer perder mais ninguém! Vou torcer para ele encontar a irmã dele!

    2 - Linda essa foto da rua na neve em Willow Creek.!

    3 - Ahaha eles disfarçados ficaram bem legais! Axl loiro!

    4 - Caramba ele vai invadir a cada usando disfarce de Yeti! hahaha show

    5- Tô shipandooo tambémmmmmmm, ele deve trabalhar para a polícia o Walker, aposto!! Gatinho ele hein!!!

    Acho que sobrou fotos que não publiquei nos meu capítulos, acho que talvez eu consiga postar uns capítulos com elas até recuperar o computador.

    Tá ficando show a história do Axl, ou melhor é show, fotos ficaram lindas e os lugares também.

    Poxa torcerei aqui para dar tudo certo e o Axl conseguir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiii, Jeeeess!!! Respondeeeendo: :D

      1- Ela está mesmo muito preocupada... Ela já perdeu tantas pessoas! :(
      2- Jess, eu aaaaaamo as cidades com neve neste jogo! Elas ficam tão lindas! :) S2
      3- Kkkkkkkkkkkkkk... Ficaram super diferentes, né? xD :D
      4- Kkkkkkkkkkkkkk... Sim, sim, siiiiiiiiiim! “O Abominável Axl das Neves”! xD :D
      5- Que massaaaaaaa!!! Mas não sei se vocês vão continuar shipando depois do Capítulo 35... E é gatinho mesmo, né? xD :D
      6- OMG, essa notícia é maravilhooooooosaaaaaaaaaaa!!! Estarei aqui esperando ansiosamente, Jess! E espero que recupere logo teu PC! S2
      7- Ooowwnnn... Muito obrigaaaaaada, Jess! É maravilhoso ler isso!!! S2 E obrigada por torcer pelo Axl! :D S2

      E muito obrigada novamente pelos comments! Ameiii todos!!! S2
      Beijocas, Jeeeeess!!! :D S2

      Excluir
  3. Aiin como eu adoro o inverno!!!! Amo frio *-* E essas fotos na neve, ain, vou pegar meu edredon :3
    1-Axl se divindindo em investigação e o começo de uma nova carreira!
    2- Olha só a vovó Elena disfarçada gente!! Eles tão se sentindo numa série policial da vida xDD E Axl de jardineiro na neve huhUHMAUHAUHAA

    3- Sorry, nada supera a fantasia do Axl NADA CHAMATIVA
    4- Essa Haesel muito esperta, até as cameras ela hackeou!
    5- Jogar The Humans kkk que bizarro.,. Mas, não é que é mesmo? O.O
    6- Gente, como assim o Axl de yeti, ainda não superei o item 3 huauhauhauhau
    7- ahh, adorei o detalhe dos porta-retratos

    Mas achei muito maneiro, esse capitulo aí da investigação, imaginando o que vem a seguir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiiieeee, Niiiiiiiih! :D
      Eu também aaaaaaaaaamo o frio! :D
      E o inverno é minha estação preferidaaaaaaa! xD :D
      Mas respondendo: :D

      1. Sim, sim! xD Axl cheio dos compromissos, né? xD
      2. Kkkkkkkkkkkkkkk... Praticamente! Tudo para descobrir mais sobre a neta! A D. Elena não perde tempo! xD :D E eu tb ri muito com Axl de jardineiro logo no inverno! xD Kkkkkkkkkkkkk...
      3. Kkkkkkkkkkkkkkk... Imagina alguém dizendo: “Ei, eu vi um Abominável Homem das Neves passando por ali!”. Ninguém ia acreditar e todo mundo ia rir de quem dissesse isso! xD Kkkkkkkkkkkk... xD
      4. Ela é mesmo beeeem espertinha! :D
      5. Hihihihihihi... Hum, hum! A gente joga The Sims e eles jogam The Humans! xD :D
      6. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk... Rindo aqui que tu não superou o item 3! Kkkkkkkk... xD
      7. Lindos os porta-retratos, né? :D Quando fiz esse capítulo, ainda não existia o pacote de objetos Moschino. Eu estou louca para ver como estão os porta-retratos com as fotos agora. Ainda não tive tempo de entrar no jogo para ver nada. Mas achei bem legal! :)

      E fiquei feliz que tu gostou da investigação deles! :D
      Obrigada pelo comment, Niiiiiiiiiiiiih!
      Beijooooocas, sua lindaaaaa! :D

      Excluir