sexta-feira, 14 de junho de 2019

Axl Logan - 37 - Iniciativa



Essa é a história de um Sim chamado Axl Logan.
Acompanhe!

Dica: para uma melhor visualização (zoom), segure Ctrl e aperte o sinal de + no seu teclado (aperte - para diminuir).



Axl Logan
Livro III
Desperto

Capítulo 37 – Iniciativa


Resumo do capítulo passado:
Elena diz à Dornelles que, supondo que o que ele fala é verdade, ele receberá seus Simoleons apenas quando Haesel estiver segura ao lado dos Dwaynes; Axl faz mais um trabalho nos estúdios; o vocalista decide que será bom ter um cão de guarda; Isabella diz que pagará o que for preciso caso Haesel seja encontrada; Axl faz uma pesquisa na internet e liga para alguém.


No dia seguinte, pela manhã.
Em Oasis Springs.






O Sr. Akio Nakamura era um renomado agente de Sims super famosos do Quarto Império. Ele ficou bem surpreso quando, na noite anterior, recebeu uma ligação de um rapaz do qual já tinha ouvido falar algumas poucas vezes. Enquanto conversavam, ele fez uma rápida pesquisa na internet e gostou das coisas que viu. Por esse motivo, concordou em encontrá-lo na manhã do dia seguinte, em Oasis Springs.
— Então, como conseguiu meu número? — O homem perguntou, enquanto praticava luta.



— Fiz uma pesquisa ontem. E acabou que um conhecido meu tinha seu contato no perfil dele em uma rede social... Eu peço desculpas novamente se o perturbei com minha ligação, Sr. Nakamura. — O vocalista disse, também concentrado nos exercícios.
— Escute, eu resolvi encontrá-lo aqui porque gostei de seu perfil: ex-vocalista e ex-guitarrista da Nordic Lhama, que era uma banda que eu curtia bastante. Por sinal, fiquei bem sentido com a tragédia que aconteceu. Vocês tinham muito talento.
— Obrigado. — Axl disse, bem na dele; não gostava quando tocavam nesse assunto.



— Vi também seu canal no Simtube e curti os sons, os vídeos. Você já fez apresentações em vários locais. Já tem um rosto conhecido. E a propaganda que você fez já está em todas as mídias, por toda nação. Gostei disso.
— Então vai gerenciar minha carreira? — Axl perguntou, esperançoso.
— Depende. Eu costumo obter ótimas audições para meus clientes e também sou o responsável por negociar contratos. No entanto, fico com 20% do valor de cada trabalho e de tudo que for pago usando a imagem deles. Exemplo? Uma atriz que gerencio conseguiu um contrato sem ser por meu intermédio: $ 624.000,00 para ser a estrela de uma campanha publicitária. Mesmo eu não tendo conseguido esse trabalho para ela, fiquei com $ 124.800,00 desse valor e ela ficou com $ 499.200,00. Pode parecer injusto à primeira vista, mas não é, visto que eu construí a carreira dela.



— Eu não me importo que fique com 20% do valor de qualquer contrato meu se me fizer crescer nessa área.
— Muito bom ouvir isso, rapaz, porque meu trabalho não é fácil. A questão é que tenho muitos contatos e tenho interesse que meus clientes ganhem muito, afinal, quanto mais eles conseguem, mais eu recebo.



— Ótimo, porque quero ficar realmente rico. Espero que não me julgue por isso.
— Só um hipócrita lhe julgaria por isso. Todos amam ter dinheiro e quem diz o contrário, mente, garoto.
— É que há anos estou neste mundo do entretenimento e não vejo as coisas decolarem. Eu preciso de alguém que faça com que eu me destaque nesse meio. Agora mais do que nunca.



— Pois está falando com o homem certo. Se fechar comigo, eu lhe dou minha palavra de que, com muito trabalho e foco, você logo será a mais nova celebridade milionária da nossa nação. E eu estarei ainda mais rico, claro.



— Confia realmente que eu tenho potencial para atingir o estrelato?
— Depois de ver seus vídeos, eu tenho certeza de que é algo extremamente possível.



— Eu fico feliz em ouvir isso. — Axl sorriu. — Mas, escuta, podemos fechar contrato quando eu retornar de uma viagem? Preciso ver alguém e resolver algo antes. — Ele pretendia encontrar o homem indicado por Dornelles; o que poderia abrir sua caixa sem que o explosivo fosse acionado.



— Wow! Sinto muito, garoto. Veja bem: eu sou aquela oportunidade única na sua porta hoje. Ou você fecha comigo e iniciamos os trabalhos imediatamente, ou pode viajar, resolver suas coisas e esquecer que tivemos essa conversa. E veja bem, só para lembrá-lo: não costumo dar uma chance a qualquer um. Geralmente malho na minha casa e só vim para cá hoje porque vi uma oportunidade de negócios com você; você tem potencial; e também tenho outros negócios para resolver ainda esta manhã aqui em Oasis. Estou conversando contigo em um momento em que eu deveria estar focado apenas em meus exercícios, mas vi determinação e iniciativa em você e espero não estar enganado. E então? Qual vai ser sua decisão? Vai viajar ou vai trabalhar?
Eu não vou jogar essa chance fora. De jeito nenhum!”, o vocalista pensou rápido e respondeu:



— Eu quero trabalhar com você.



— Ótimo! Então o que me diz de sentarmos e eu te mostrar o contrato? Podemos ver cláusula por cláusula e chegar a um bom acordo. Inclusive, já tenho um teste em que acho que você se encaixa perfeitamente.



— Já? — O vocalista ficou impressionado. — Para que papel e onde?
— Um personagem secundário em uma série bem popular. Eu lhe mandarei mais detalhes após o almoço, mas apenas depois que assinarmos os papéis, se você concordar com os termos, claro. Pode sentar agora e ver isso.
— Beleza. Vamos nessa.



Os dois então foram até o barzinho da academia e Akio passou seu tablet para Axl, que pôde fazer a leitura enquanto discutia os detalhes com o agente. E, após chegarem a um entendimento, Akio imprimiu o contrato no local (com a impressora que havia no escritório da academia) e o vocalista assinou o documento.



— Vou conseguir apenas papéis importantes para você; e nas séries mais conhecidas deste Império! — O homem disse, muito confiante.
— Que assim seja! — Axl sorriu. — Brindemos a isso!




Depois que o Sr. Nakamura foi embora, o vocalista ainda ficou um bom tempo por ali.



Assim como sua noiva, ele tinha se tornado um “ratinho de academia”; tinha aprendido a gostar de se exercitar (especialmente de lutar!).





Passou todo o resto da manhã malhando. Depois, tomou um banho e trocou de roupa na academia mesmo.



E como já estava na hora do almoço, seguiu para um restaurante que tinha sido inaugurado, ali perto, há pouco tempo; o lugar servia comidas típicas de Selvadorada.




Era o restaurante Nuevo Oasis.





O vocalista entrou e escolheu uma mesa na área da varanda, que tinha uma visão incrível da bela paisagem do local.



Fez então seu pedido.



E ficou extremamente feliz ao receber um sms do Sr. Nakamura, lhe dando o endereço e o horário do teste que teria que fazer para conseguir seu próximo trabalho. “Muito bom! Ele é rápido!”, ele pensou, satisfeito.



Mas mal guardou o celular, percebeu uma movimentação atípica perto da recepção e, então, reconheceu pessoas muito famosas, de del Sol Valley, no local; era a família Bailey-Moon: Thorne Bailey, Octavia Moon e o pequeno Orange.



Mas o menininho não parecia muito feliz com os paparazzi por perto. “Coitado do guri! Será que um dia, se eu e Bella tivermos filhos, eles passarão por isso?... Deve ser complicado... Mas será que um dia ficarei tão famoso assim? Eu ia curtir demais; deve ser muito legal. Mas com certeza há muitas responsabilidades. Espero que, se acontecer comigo, eu saiba lidar bem com a fama...”, ele pensou.



E enquanto ele observava a cena, seu pedido chegou: suco de laranja e Curanto (um cozido feito com mariscos e carnes).



O vocalista então curtiu seu almoço, aproveitando o vento geladinho (é que, apesar de não nevar em Oasis Springs, fazia muito frio no inverno). Depois, quando terminou sua refeição, fez o pagamento, agradeceu pelo ótimo serviço e pediu ao garçom para elogiar o chef; então, saiu do local e foi pegar seu carro, que estava estacionado em frente à academia.








Foi então para Windenburg, onde, no final da tarde, encontrou Isabella, em uma cafeteria local.









— Oi, meu amor! — Ela sorriu, dando um selinho nele e abraçando-o forte assim que chegou perto dele. — E então? Como foi lá em Oasis?



— Foi incrível, Bella mia! Conversei com o Sr. Akio Nakamura e agora ele é meu agente! — Ele disse, muito empolgado!
— OMG!!! Isso é maravilhoso, meu amor!!! — Ela falou, muito feliz por ele.



— E ele me ligou poucas horas depois, quando eu parei para almoçar, e já me deu uma ótima notícia: um teste para eu fazer, para uma série. Só não me disse qual é ainda. O cara é rápido!
— Isso é ótimo! Isso mostra que ele não perde tempo! Por isso é um dos melhores! E, sobre a série, espero que seja uma bem conhecida! — Ela sorriu.
— Vamos torcer por isso! — Ele falou, animado.



E os dois se beijaram.



— Mas e então? Viu o e-mail? Decidiu qual daqueles será nosso doguinho? — Ela sorriu.
— Ainda estou bem na dúvida, Bella mia.



— Bem, eles me enviaram outra mensagem dizendo que podemos conhecer todos aqueles cachorrinhos, a maioria resgatados das ruas, hoje lá na pet store. Eles explicaram que, como iriam levar esses bichinhos à loja para outras pessoas também os conhecerem, eles decidiram fazer hoje um evento de adoção por lá.
— Isso é excelente! — Ele sorriu.
— Então vamos?



— Com certeza! Estamos aqui para isso! — Ele disse, alegre. — E, no caminho, você vai me contando como foi seu dia até agora, ok?
— Sim, Senhor! — Ela brincou.
Então, os dois seguiram para lá.










Quando entraram no local, falaram com o dono da loja/clínica, que lhes explicou que havia mais bichinhos ali, mas que, felizmente, a maioria já tinha sido adotada e levada por seus novos donos! Então Axl e Bella logo trataram de conhecer todos os que ainda estavam no lugar; ficaram brincando e dando atenção a cada um deles!







— Como são lindos!!! — Isabella estava apaixonada por todos os animais ali.




— São mesmo! — Axl disse. — Me sinto até mal em ter que escolher um e deixar os outros.



— Senhor, desculpe eu me intrometer na conversa, mas ouvi o que disse agora e talvez eu possa ajudá-lo um pouco. — O dono do local disse. — Veja bem, todos esses lindos animais vivem em uma bela fazenda em Brindleton Bay e são super bem cuidados: bem alimentados, brincam e tenho certeza de que ainda hoje serão adotados também. E os que não forem, logo serão. Então, pode escolher um sabendo que os outros em breve terão um lar. — Ele sorriu, sincero. — Ainda receberemos muitos Sims aqui hoje.
— Que bom! Eu realmente me sinto melhor em saber disso! — O vocalista disse, mais aliviado.



— E então?... — Isabella sorriu. — Qual será? — Como ela já tinha seu gatinho Sushi, ela queria que aquela escolha fosse totalmente de Axl; mesmo porque ela amava animais e qualquer um daqueles seria muito bem-vindo pela loira.



— Então, após saber mais sobre o destino dos outros, eu já sei qual levaremos! — O vocalista sorriu, decidido.




Na Ilha dos Penhascos.
Em Windenburg.



Apenas naquela noite Troy retornou à Willow Creek. O barco que o levou de volta foi o mesmo que trouxe Walker e o novo capanga responsável pela segurança da casa. E, agora, era outro Sim que, dentro da embarcação, tomava conta das câmeras de segurança.



Já Haesel estava em seu quarto. A companhia do ruivo lhe sugava as energias, lhe tirava toda a esperança e a deixava sem vontade de viver; era sempre assim quando ele passava tantas horas perto dela.
A garota se sentia desanimada, dormia mal e tentava dizer, a si mesma, que não poderia desistir, apesar dos pensamentos sombrios que passavam em sua mente.
Mantinha-se quieta, nessa luta interna, quando bateram de levinho na porta de seu quarto. Mas ela não respondeu. Só queria ficar sozinha.




Pensava que logo quem estava batendo desistiria e sairia dali. Mas irritou-se quando percebeu que mexeram na maçaneta, tentando abrir a porta trancada.



— Mas que droga! — Ela reclamou, indo até lá, de má vontade.



Abriu a porta e deu de cara com Walker:



— Podemos conversar?
— Não. Não podemos conversar. Cai fora. — Ela ia fechando a porta na cara dele, mas ele a impediu.
— Escuta: eu imploro que me perdoe. Se eu não tivesse seguido as ordens dele, eu estaria morto agora. Você sabe disso.
— Sim, eu sei. Você salvou sua vida. Entendi. Agora, vaza. Tchau.



— Escuta, eu coloquei droga na bebida do novo segurança e ele vai dormir por muitas horas. Essa é chance que temos para conversar.




Ela então o olhou, com desconfiança:
— Isso é algum teste maligno que o Troy está fazendo comigo? É isso? Você está aqui apenas para me ferrar, não é isso? Ele está me testando e, caso eu caia nessa, vai mandar você me bater de novo?
— Escuta, Ticiana, isso não é um teste. Eu odiei ter feito aquilo com você. Ter encostado em você. Eu não bato em mulheres.
— Mas você bateu em mim.
— Eu não tive escolha.
— Poderia ter atirado nele.



— Se o Troy morrer, outro assumirá seu lugar.
— Você é um policial infiltrado?!
— Sou um agente infiltrado, mas não a serviço da polícia. Tem três anos que estou trabalhando disfarçado na Irmandade, a organização dos Myers. E tenho pressa em acabar com eles. São os maiores distribuidores de drogas no Terceiro Império. Dominam naquela nação, já que aqui as leis severas, o armamento da população e a segurança não permitem que esse negócio ilegal se alastre com tanto poder. Mas, lá, a situação é alarmante em algumas cidades. Então, alguns anos atrás, eu vim para cá e consegui me infiltrar nas fileiras deles. Estou tentando reunir o máximo de provas e informações que possam desmantelar todo esse grupo criminoso. E já temos muitas coisas em mãos. Mas não quando o assunto é Troy. Ele não mantém nada de ilegal na propriedade dele: nem drogas, nem documentos, nem as armas ilegais que ele usa.



— Ele é muito cuidadoso. Eu fui descobrir que nossa família era metida nesse meio não tem muito tempo também. — Ela disse, séria.



— Você é parente dele? — Ele perguntou, surpreso.
Ela o olhou, séria, e decidiu falar:



— Meu nome é Haesel. Eu sou filha de Grace Myers, a finada esposa do falecido Branson Myers.
— Você é irmã de Troy?
— Sou filha de Grace com outro homem, de um relacionamento anterior dela. E não fui criada como irmã de Troy. Mas a irmã dele, Melissa, ela sim era uma irmã para mim.
— Vocês foram dadas como mortas em Selvadorada.



— Talvez eu possa te explicar tudo que aconteceu. — Ela disse, mas ainda com um pouco de dúvida se deveria.
— Não aqui dentro. Vamos sair, sentaremos, comeremos algo e você me fala tudo, ok?
— Há câmeras na casa, do lado de fora. Não posso sair. Você sabe disso.
— Hoje há um poder muito maior do que o de Troy Myers nos ajudando. Eles não vão descobrir que saímos, eu lhe garanto. Eu não colocaria todo meu trabalho em risco. Vamos?
O que tenho a perder?”, ela pensou, e assentiu.
Assim, Walker colocou uma jaqueta de frio e a garota trocou de roupa. Em seguida, eles seguiram ao Restaurante da Ilha, onde Haesel contou tudo que aconteceu com ela e com Melissa.





Após ouvir tudo, Walker ficou pasmo.
— Esse cara é um monstro. Eu já sabia que ele era doente, mas cada vez que eu descubro mais um podre dele, a coisa fica ainda pior.
— Precisamos descobrir onde é o quartel-general dele, Walker. Com certeza todos os podres dele devem estar lá.
— Já colocamos gente atrás do Troy, discretamente, várias vezes, mas ele nunca nos leva a esse local. De alguma forma, ele sempre parece saber quando está sendo seguido.



— Talvez, se eu me aproximar mais dele, talvez ele passe a confiar em mim. — Ela disse, pensativa.
— Não posso deixar que faça isso.



— Você não tem moral alguma para me dizer o que posso fazer ou não. Ou se esqueceu da surra que me deu para manter seu disfarce?
Ele calou-se, meio contrariado, diante das palavras dela. E ela continuou:



— Ele deve ter matado o próprio pai; ele deve ter sido o responsável pela doença que matou minha mãe; ele matou Melissa; ele ameaça machucar meu irmão Axl, e ele me mantém aqui com essa chantagem. Ou eu reajo ou serei sempre a vítima dele, entende? E esse papel de garotinha indefesa eu acho um saco. Não é para mim.




— O que tem em mente? — Ele perguntou.



— Você sabe como posso colocar um chip, no celular dele, que possa rastreá-lo?
— Posso lhe ensinar. Mas como você conseguiria fazer isso? Ele não larga o celular dele.
— Ganhando a confiança dele e fazendo-o acreditar que estou começando a ceder.



— Tudo bem. Só tenha cuidado, porque ele não é burro. Se você mudar com ele rapidamente, ele vai perceber que você está armando.
— Deixa comigo. — Ela disse, séria. — Eu sou paciente.
Então eles ficaram alguns minutos em silêncio e, depois que terminaram de comer, pediram a sobremesa.
— Na casa, vamos nos manter sempre distantes, ok? Para nossa segurança. — Walker disse.
— Eu ia dizer o mesmo.
— Mas... como estão seus machucados? — Ele perguntou, desconfortável, já que era o culpado por eles.
— Eu vou sobreviver. — Ela respondeu, secamente, sem olhá-lo.
— Ok... — Ele disse, sem jeito; então deu uma leve tossidinha, olhou-a e falou: — Melhor nos apressar aqui. Precisamos retornar à casa.
— Beleza.



E os dois voltaram a comer, ambos com um pensamento em comum: acabar com Troy Myers.




Dia seguinte,...




Axl, Isabella e D. Elena saíram bem cedo, naquele dia, para visitar o parque central de Brindleton Bay, onde havia muitas atividades para Sushi e Buddy, o novo membro da família.
— Vamos lá, Buddy! Isso aê, rapaz! — Axl se divertia com ele, enquanto sua avó e sua noiva conversavam.




— É tão bom ver meu netinho tão feliz, querida! — Elena disse. — Desde que vocês chegaram com o Buddy, ele está com esse sorriso no rosto!
— É que os dois se deram bem mesmo, desde o primeiro momento em que se encontraram na pet store. Eu fiquei de longe só observando! — Isabella sorriu. — Mas divertido mesmo foi ver o Axl morder a língua e ficar todo empolgado comprando roupinhas para o “cão de guarda” dele.  — Ela riu.










— É de que raça mesmo? — Elena perguntou. — Sei que vocês já me disseram, mas já esqueci. — Ela riu.
— É um Bluetick Coonhound. — Isabella respondeu, afagando Sushi. — Ele foi encontrado ontem na Ilha do Farol. Parece que foi abandonado lá. E é tão novinho! De acordo com o veterinário, deixou de ser um filhote tem dois dias.
— Mas felizmente agora ele tem uma família! — Ela sorriu.
— Pois é! E o Sushi ganhou um novo irmãozinho! — Bella disse, feliz. Mas, pouco depois, ficou mais séria e falou: — Então, D. Elena, eu gostaria de mudar o assunto rapidamente e falar com a senhora sobre algo...
— Pois não, querida.



— Vou ser direta, ok? Caso o tal do “Tom” realmente traga Haesel para vocês, não criem problemas com ele. Fale comigo que nós pagaremos a quantia que ele pediu, tudo bem?



— Tudo bem, Isabella. Não tenho muitas alternativas aqui. Mas eu farei questão de lhe pagar cada centavo.
— Não. Vocês também são minha família. E, se Haesel estiver viva mesmo, ela é minha cunhada. Então, não precisará me pagar nada. — A loira disse, seríssima.
— Eu não sei como posso lhe agradecer por isso.
A Refaeli então se levantou, colocando Sushi no chão:
— Vem cá, D. Elena.



E então ela deu um forte abraço na avó de seu noivo.




— Apenas saiba que sempre poderá contar comigo, ok? Eu amo meu noivo e amo a senhora também.
— Você é um doce, querida. E a senhorita também está neste velho coração! Eu não poderia pedir por uma pessoa melhor para estar com meu netinho. — Ela disse, sincera.
— Obrigada, D. Elena! — Isabella sorriu.



— E, por falar nisso, quando sai esse casamento de vocês, hein?
— Eu queria que saísse este ano, mas com a faculdade me tomando tempo e com o Sr. Nakamura que vai conseguir mais e mais trabalhos para Axl, acho que ainda vai demorar algum tempo.



— Sabe, eu gostei de ele ter ido atrás desse homem que vai gerenciar a carreira dele. Meu netinho teve iniciativa! Está correndo atrás do que quer. — Ela sorriu, orgulhosa dele.
— Eu também achei isso muito bom! — A loira disse, contente.
— Agora é só torcemos para que tudo dê certo!



— Já deu, D. Elena. Já deu! — Ela sorriu.





  










Obrigada, amigo Simmer, por acompanhar minha história!
Deixe seu comentário abaixo! S2
Tenha um ótimo dia! :)



CRÉDITOS:

SIMS:
- Baixados da Galeria e, alguns, modificados.


LOCAIS:
- Casa de Praia na Ilha: “Modern Beach House”, by Dranora; minha versão, que modifiquei um pouco, encontra-se aqui.

- Restaurante da Ilha (Coast Restaurant): veja nesta postagem.

- Vizinhança de Oasis Springs (Centro):
Academia Oasis: minha versão encontra-se em isarpgista (o lote original, que usei como base, chama-se "Oasis Tennis Club" e é uma criação de nax33);
Bar Suco de Cascavel: by isarpgista;
Restaurante Nuevo Oasis: encontra-se em isarpgista (minha versão é uma mistura de dois lotes: "Restaurant La Paz Update", de flubber32c4; e "Mexican Restaurant", de RoxxySims);
Salão Solar Explosion: by isarpgista.

- Vizinhança de Windenburg (Centro Completo):
Bar Old Square Inn: by isarpgista;
Biblioteca de Windenburg: by isarpgista;
Boate do Narval: by isarpgista;
Cafeteria de Windenburg (South Square Coffee): by isarpgista;
Delicatessen: Yummies 4 Tummies, by Karrterr12; a versão usada em minha história (um restaurante) está disponível em minha conta isarpgista, com o nome “Grandma’s Delicatessen”;
Pet Shop e Clínica: em isarpgista (minha versão é baseada no lote “Animalerie”, de Evanhero, que, por sua vez, tem como base o lote “Pet Shop”, de gabbi1989);
Pousada de Windenburg: Motel, by Beyonceana; minha versão encontra-se em isarpgista, como Windenburg Inn;
Restaurante Shimuzu: em isarpgista (lote original: “Shimuzu”, de Maxis).

Vizinhança Praça da Zibelina, em Brindleton Bay:
Academia Kordelious: minha versão encontra-se em isarpgista (lote original: “Academia Kordelious”, by Malu_Borba; visite o blog Cantinho da Mah! S2);
Clínica Veterinária Bay: lote original chama-se "Bumpkin Veterinary Clinic", de DevonBumpkin. O utilizado em minha história é a versão que modifiquei e encontra-se aqui: isarpgista;
Parque Bay: lote original chama-se "Agility-Park", de nat052970. O utilizado em minha história é a versão que modifiquei e encontra-se aqui: isarpgista.


OUTROS:
- Cabelo usado por Isabella:
- Cabelo usado por Haesel:
- Cervejas Funcionais: para que funcione em seu jogo, é necessário que você tenha o mod Custom Drink Interactions.


Obrigada a todos criadores!
Thank you to all creators!





8 comentários:

  1. AAAAAAAA Capítulo novooo

    1. Esse agente parece ser bem difícil viu?
    2. Nossa bem sincero! Se os clientes ganham, ele ganha tb!
    3. Que lindo o Axl treinando S2
    4. "Só um hipócrita lhe julgaria por isso. Todos amam ter dinheiro e quem diz o contrário, mente, garoto." Exatamente, super concordo!!!
    5. Que legal que Axl conseguiu, mas esse cara aii é bem chato viu!
    6. Axl pensando na fama. Ameiii
    7. Filhos?? Ele pensa em filhos? Ownnn
    8. Essa refeição parece estar deliciosa! Acho tão lindas as comidas do the sims
    9. Bella lindaaa
    10. Amo esses dois!!! Perfeitos S2
    11. Adorei que eles vão adotar um doguinho!
    12. "São mesmo! — Axl disse. — Me sinto até mal em ter que escolher um e deixar os outros." Eu mesma quando fui escolhe meus dogs!
    13. Obaaaa curiosa para saber qual doguinho escolheram!
    14. Tadinha da Haesel. Doi ve-la assim
    15. Nossa esse Walker idiotaaaaa
    16. Tadinha da Haesel e ótimo que ela foi curta e grossa com ele
    17. Ufaaa ele é do bem. Tomara que ajude ela!!!
    18. "Já colocamos gente atrás do Troy, discretamente, várias vezes, mas ele nunca nos leva a esse local. De alguma forma, ele sempre parece saber quando está sendo seguido." Talvez por ser um vampiro e conseguir sentir a presença humana :/ tomara que ele não leia mentes :/
    19. "Você não tem moral alguma para me dizer o que posso fazer ou não. Ou se esqueceu da surra que me deu para manter seu disfarce?" Toma Walker! Você teve suas razões mas é difícil esquecer uma surra né
    20. "Ele deve ter matado o próprio pai; ele deve ter sido o responsável pela doença que matou minha mãe; ele matou Melissa; ele ameaça machucar meu irmão Axl, e ele me mantém aqui com essa chantagem. Ou eu reajo ou serei sempre a vítima dele, entende? E esse papel de garotinha indefesa eu acho um saco. Não é para mim." Ameeiiiii
    Adorando que Haesel é dura!
    21. Ameiii o dog e que lindas as fotos de Axl com ele! Arrasou, Sally S2
    22. Que lindas as duas se abraçando e amei que Bellinha ofereceu ajuda!
    23. "Agora é só torcemos para que tudo dê certo!"
    " Já deu, D. Elena. Já deu! — Ela sorri."
    Ownnn

    Ameiii esse capítulo aaaaaa, final tranquilo e feliz. E ameiii o gif!!!

    Arrasou, Sallyy!!!!

    Aguardando o próximo capítulo!!! S2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Weeeeeeeeeeeeeeeee!!! Respondendoooo: :D

      1. Ele é, sim! Ele leva bem a sério o trabalho dele! :)
      2. Com certeza! Ele deixa bem claro que tem muito interesse em conseguir trabalho para seus clientes justamente porque ele leva 20% de tudo! :)
      3. Oooowwwnnnn... S2
      4. Né? Todos querem ter uma vida financeira excelente! :)
      5. Ele é muito sério e bastante renomado. Ele não tem tempo a perder e precisava saber se Axl estava preparado para começar mesmo a trabalhar ou não. Ele não deseja perder tempo com quem não deseja focar no trabalho.
      6. Oooowwnnn... S2 Finalmente Axl está realmente correndo atrás de algo que deseja. :)
      7. Acho que ele começou a pensar nisso. :)
      8. Eu também acho, Mah! São muito bem feitas, né? :D
      9. Oooowwwnnnnn... S2
      10. Oooowwwnnnn... Obrigadaaaaaaaa!!! S2
      11. Eu sentia que já tinha passado da hora de eles fazerem isso. :)
      12. É sempre tão difícil só levar um. :(
      13. Foi difícil escolher, viu! Eram todos tão lindos! São tantas opções top! :)
      14. Está bem ruim a situação dela. :(
      15. Ele agiu de forma criminosa ao bater nela. Tb odiei! Foi uma cena difícil para eu fazer e não pretendo mais colocar cenas pesadas como aquela. Não gosto. Mas foi necessária para mostrar o nível de loucura e malignidade do Troy.
      16. Ela não tinha motivos para tratá-lo com gentileza, com certeza.
      17. Tomara!
      18. Tomara mesmo! Troy é muito perigoso.
      19. Com certeza! E isso é algo que Haesel não se esquecerá.
      20. Ela realmente não quer mais ser vítima de Troy. E ela fará de tudo para acabar com ele.
      21. Ooowwnnn... Muito feliz que vc gostou do Buddy! :D S2
      22. Duas fofas, né? :D S2
      23. Pensamento positivo e gentileza movem o mundo! :) S2

      Weeeeeeeeeeee!!! Muito feliz que vc amou o capítulo e o gif!!! S2
      E eu amei seus comments!!! Muito obrigadaaaaa, sua lindaaaaaaa!!! :D S2

      Excluir
  2. 1 - Gostei desse agente, ele é bem prático e mandou a real. Pelo menos ele acredita que o Axl tem chance!

    2 - O Axl está fortão! Dash diria que gostaria de alcançar esse físico, o metabolismo dele é muito rápido! Quem sabe um dia a gente possa fazer um crossover!

    3- Muito fofa a cena deles com os cachorrinhos!!!

    4- Torcendo pelo Walker, shipando! Mesmo ele tendo batido nela... =/ mas se não ele ia morrer e ela não ia poder ser ajudada, né.

    5 -Ahh adorei o Buddy!! Muito fofo!!!

    6 - Se o Axl já vestia roupas estranhas, agora vai vestir o cachorrinho assim!!! hahahah Ele é muito fofo o Buddy só não parece muito um guarda-costas!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiiiiiieeeee, Jess!!! :D Respondendoooo: :D

      1- Sim, sim! Prático, direto e, pelo que parece, bem competente! Ele não tem tempo a perder e quer ficar ainda mais rico do que já é! Rs...

      2- Está fortão, sim! :D Ele aprendeu a gostar de fazer exercícios com a Bella. :D E OMG, já queroooooo esse crossover, hein!!! Axl diria a Dash que ele não deve desistir se quer chegar a um resultado X e, que, nesse caso, ele precisa de um nutricionista e de um Sim que possa cuidar do preparo físico dele. E Axl amaria ter o metabolismo rápido do Dash, assim, ele poderia comer muitas pizzas de pepperoni sem ter que malhar muito depois. xD

      3- Ooowwnnn... Foi tão difícil escolher um, pois todos são tão fofos! S2

      4- Então vc é #Haeker team, hein! xD :D Mas sim, sim. Ou ele fazia isso ou seria morto. Ele não teve escolha. =//

      5- Ooowwnnn... Muito fofinho, né? S2

      6- Concordooooo! Kkkkkkkkkk... Acho que ele não é bem o “cão de guarda” que Axl disse tanto que queria! xD Mas certamente Axl não se arrepende nem um pouco de tê-lo escolhido! :) E sim, sim! Coitado do cachorro com o senso de moda do Axl! xD O Axl só está se vestindo melhorzinho porque o Vivan, o figurinista que um dia pretende se tornar um estilista, tem ajudado o vocalista com isso. :D

      E muito obrigada pelos comments, Jess!!!
      Amei muitooooooooo!!! :D S2

      Excluir
  3. Mesmo com raiva dele, também sou #Haeker team :)

    ResponderExcluir
  4. Legal, eu tinha visto o cap 38 primeiro, e agora a história ta se encaixando.

    1 Axl conseguiu avançar graças ao agente. ele parece bem determinado!!!! isso aí!!
    adorei a reação dele, quando o Axl disse que iria viajar antes haha
    isso que é agente focado!
    2-me deu uma dó do Orange, tadinho, não tem sossego, mt novinho. Axl e Bela precisam viajar pra um lugar mais reservado, quando formarem uma familia.
    3- Oasis x wINDENBURg
    é tipo Brasil e Noruega. Muito quente e muito frio!!!
    4- muito legal a iniciativa do dono da loja com o cuidado com os pets.quem dera todos os cães e gatinhos tivessem essa sorte ='(
    5- o caso Myers tá enfim indo pra frente!! mastá ficando mais perigoso!!
    6- olha a chegada do Buddy, que gracinhaaaa!!! parece o cão mais feliz do mundo!!
    7- lindo final de capítulo!!!! amei as animações e as imagens deles brincando na praça.

    umdia tudo isso vai acabar e todos ficarão felizes e conseguirão tocar a vida =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiiieeeeeee, Niiiiiih! :D
      Respondendo: :D

      1. Esse cara é maravilhoso e vai colocar o Axl para frente! :D Ficou todo indignado: “ou começa agora ou agora!”. xD
      2. O Orange tem mesmo uma vida difícil com essa família famosa, né? xD :D Espero que Axl e Bella consigam dar uma vida mais calminha para o filho deles! :)
      3. É verdadeeeeeeeeee!!! xD Mas aaaaaaaaamo esses lugares! :D Tanto Oasis quanto Windenburg! E tanto nosso Brasil amado quanto minha amada Noruega! :D S2
      4. Eu queria muuuuuuuito que a vida real fosse asism, sabe? Que todos os animaizinhos tivessem um dono amoroso! :’(
      5. Muuuuuuuito! É bom eles terem cuidado.
      6. Muito lindo, né? E tá mega feliz! :D
      7. Ooowwnnnn! Obrigadaaaaaaa, Niiiiiiiiih!!!

      E amei seus comments!!! Muito obrigada mesmoooooo, lindona!!! :D
      Beijoooocaaaaaas!!! :D

      Excluir